Apontamentos sobre a rede urbana do Ceará: níveis de centralidade, interações espaciais e dinâmica econômica

Autores

  • José Micaelson Lacerda Morais
  • Fernando Cézar de Macedo

DOI:

https://doi.org/10.48075/igepec.v18i1.6332

Palavras-chave:

globalização, rede urbana, dinâmica econômica

Resumo


Este artigo tem por objetivo apresentar algumas considerações sobre a rede urbana do Ceará comparativamente a dinâmica econômica dos centros componentes da sua hierarquia. Parte-se do pressuposto de que o processo de urbanização reflete e condiciona ao mesmo tempo a estrutura e o processo de mudanças, contidos nas relações sociais e nas formas de produção, para conformação específica de uma totalidade social. Nessa perspectiva, a organização espacial representa uma forma de apreensão dessa totalidade e pode ser representada através da rede urbana. O padrão espacial das cidades, a complexidade funcional das mesmas e suas interações espaciais, articulam toda a sociedade em uma rede urbana que garante sua existência e reprodução. Mas, no contexto das novas formas de exploração da diversidade territorial resultantes da transformação do regime de acumulação capitalista em nível mundial, os centros de maior nível hierárquico do Ceará estão concentrando cada vez mais o PIB total e o PIB por atividades? Que papel tem desempenhado as cidades de menor nível hierárquico na da dinâmica econômica do Ceará? Este movimento tem sido captado pelos estudos das Regiões de Influência do IBGE? São estas as questões que se pretende tratar neste artigo.

Downloads

Publicado

09-07-2014

Como Citar

MORAIS, J. M. L.; MACEDO, F. C. de. Apontamentos sobre a rede urbana do Ceará: níveis de centralidade, interações espaciais e dinâmica econômica. Informe GEPEC, [S. l.], v. 18, n. 1, p. 43–60, 2014. DOI: 10.48075/igepec.v18i1.6332. Disponível em: https://e-revista.unioeste.br/index.php/gepec/article/view/6332. Acesso em: 10 ago. 2022.

Edição

Seção

Artigos