ENTRE GRITOS DEPENDENTES: A ÉCFRASE

Autores

DOI:

https://doi.org/10.48075/rlhm.v17i29.26035

Palavras-chave:

Écfrase. Poema satírico. Cinema brasileiro.

Resumo


Compreendendo, de modo sucinto e direto, a écfrase como uma criação artística que tem por base outra criação artística, o presente artigo almeja estabelecer as possíveis correlações do poema “O Grito”, do livro Carta chilenas (1954), de José Paulo Paes, e da cena central do filme “Independência ou Morte, de Carlos Coimbra, realizado em 1972, ano comemorativo do sesquicentenário do acontecimento histórico, com o processo retórico clássico. Ambas as produções artísticas enfocadas tomam como matriz referencial ou fonte de origem o quadro de Pedro Américo, intitulado “Independência ou Morte”, finalizado em 1888, e que também é conhecido como “O Grito do Ipiranga”. Notadamente, contudo, os respectivos recursos estéticos modernos utilizados nas duas produções ultrapassam a simples representação descritiva e atribuem, contando com o repertório e a sensibilidade do receptor, outros desdobramentos e outras ressignificações aos registros historiográficos. 

Biografia do Autor

Fernando Tadeu Triques, Universidade Federal de São Carlos - UFSCar

Mestre em Estudos de Literatura pela Universidade Federal de São Carlos e doutorando no Programa de Pós-Graduação em Literatura da Universidade Federal de São Carlos.

Downloads

Publicado

02-07-2021

Como Citar

TRIQUES, F. T. ENTRE GRITOS DEPENDENTES: A ÉCFRASE. Revista de Literatura, História e Memória, [S. l.], v. 17, n. 29, p. 27–44, 2021. DOI: 10.48075/rlhm.v17i29.26035. Disponível em: https://e-revista.unioeste.br/index.php/rlhm/article/view/26035. Acesso em: 26 out. 2021.

Edição

Seção

PESQUISA EM LETRAS NO CONTEXTO LATINO-AMERICANO E LITERATURA, ENSINO E CULTURA