Alagamento do solo: efeito no crescimento inicial da aveia branca (Avena sativa L.)

Autores

  • Thais D'Avila Rosa
  • Tiago Pedó
  • Emanuela Garbin Martinazzo
  • Vânia Marques Gehling
  • Geison Rodrigo Aisenberg
  • Tiago Zanatta Aumonde
  • Francisco Amaral Villela

DOI:

https://doi.org/10.18188/sap.v14i2.10101

Palavras-chave:

área foliar, Avena sativa L., estresse hídrico, matéria seca

Resumo


O alagamento do solo reduz o teor de oxigênio próximo às raízes, afetando o metabolismo energético e absorção de água e nutrientes. Desse modo, o objetivo do trabalho foi avaliar o efeito de diferentes períodos de alagamento do solo em características fisiológicas de crescimento inicial em plantas de aveia branca. Os tratamentos foram compostos por capacidade de campo e alagamento do solo por 72 e 120 horas, com seis repetições. Para avaliação do crescimento inicial foram analisados o número de folhas, área foliar, razão de área foliar e de massa foliar, área foliar específica, matéria seca de folha, caule e raízes, comprimento de parte aérea e raiz primária. O aumento do período de alagamento reduziu o acúmulo de matéria seca de raiz, a razão de aérea foliar e a área foliar específica. No entanto, o comprimento de parte aérea e de raiz não foram alterados pelos períodos de alagamento do solo. Os períodos de alagamento utilizados afetam negativamente atributos fisiológicos de crescimento inicial em plantas de aveia branca.

Downloads

Publicado

19-06-2015

Como Citar

ROSA, T. D.; PEDÓ, T.; MARTINAZZO, E. G.; GEHLING, V. M.; AISENBERG, G. R.; AUMONDE, T. Z.; VILLELA, F. A. Alagamento do solo: efeito no crescimento inicial da aveia branca (Avena sativa L.). Scientia Agraria Paranaensis, [S. l.], v. 14, n. 2, p. 127–131, 2015. DOI: 10.18188/sap.v14i2.10101. Disponível em: https://e-revista.unioeste.br/index.php/scientiaagraria/article/view/10101. Acesso em: 5 dez. 2021.

Edição

Seção

Artigos Científicos