Efeito do tratamento de bulbilhos de alho com bactericidas na ocorrência da estria bacteriana, no desenvolvimento e na produção das plantas

Autores

  • Antonio Carlos Maringoni
  • Tosiaki Kimoto

DOI:

https://doi.org/10.18188/sap.v15i2.13126

Palavras-chave:

acetato cúprico, Allium sativum, oxitetraciclina

Resumo


O alho (Allium sativum L.) é uma importante hortaliça de bulbo produzida e consumida no Brasil. Entretanto, vários fatores podem influenciar no desenvolvimento da cultura em campo e interferir na produção. O presente trabalho teve por objetivo avaliar, em três ensaios, o efeito do tratamento de bulbilhos de alho, cultivar Caçador, em solução aquosa, por 30 mim, contendo separadamente acetato cúprico (2 g L-1), oxitetracilina (2 g L-1) e água (controle), na ocorrência da estria bacteriana, no desenvolvimento e na produção das plantas, sob condições de campo. Os resultados obtidos evidenciaram baixa incidência de plantas com sintomas de estria bacteriana em todos os tratamentos, devido à ocorrência das condições climáticas não favoráveis ao desenvolvimento da doença. Plantas de alho provenientes de bulbilhos tratados com acetato cúprico apresentaram desenvolvimento e produção semelhantes à testemunha, enquanto que aquelas provenientes de bulbilhos tratados com oxitetraciclina apresentaram fitotoxidez (menor altura, menor número de folhas, bulbos menores com menor peso e menor produção por parcela).

Downloads

Publicado

05-07-2016

Como Citar

MARINGONI, A. C.; KIMOTO, T. Efeito do tratamento de bulbilhos de alho com bactericidas na ocorrência da estria bacteriana, no desenvolvimento e na produção das plantas. Scientia Agraria Paranaensis, [S. l.], v. 15, n. 2, p. 175–177, 2016. DOI: 10.18188/sap.v15i2.13126. Disponível em: https://e-revista.unioeste.br/index.php/scientiaagraria/article/view/13126. Acesso em: 29 nov. 2021.

Edição

Seção

Artigos Científicos