Agroecossistema e meio ambiente: a necessidade da sustentabilidade

Autores

  • V. L.T. Bainchi
  • M. C. Lawich
  • M. S. Vial
  • N. F. Herzog
  • A. C. Gonçalves Jr.

DOI:

https://doi.org/10.18188/sap.v5i2.2028

Palavras-chave:

agroecossistemas, sustentabilidade, meio ambiente

Resumo


A biosfera é constituída por diversos ecossistemas terrestres e aquáticos, quando esses ambientes sofrem alterações provocadas pelo homem, objetivando o aumento da produção agrícola, passam a ser denominados agroecossistemas ou sistemas agropecuários. A região Oeste do Paraná é caracterizada como uma região predominantemente ligada a cadeias produtiva e desta forma configurando uma série de agroecossistemas. A agricultura moderna chegou ao final do século XX com fortes indícios de fragilidade, devido, as constantes intervenções humanas. Os agroecossistemas estão possuindo menor biodiversidade de elementos que os ecossistemas naturais e seus principais elementos são escolhidos e induzidos a se desenvolverem, os homens es escolhem os organismos predominantes, determinam o fluxo de energia, nutrientes, densidades populacionais e as colheitas. Os desenvolvimentos do processo agrícolas dos agroecossistemas devem ser analisados e estudados com base no equilíbrio dos elementos biológicos, ou seja, de maneira sustentável levando em consideração a biodiversidade dos ecossistemas e o meio ambiente a qual está inserido o próprio agorecossistemas. Através de uma revisão bibliográfica, apresentamos neste artigo a relação entre agroecossistemas, meio ambiente e sustentabilidade.

Downloads

Publicado

01-01-2000

Como Citar

BAINCHI, V. L.; LAWICH, M. C.; VIAL, M. S.; HERZOG, N. F.; GONÇALVES JR., A. C. Agroecossistema e meio ambiente: a necessidade da sustentabilidade. Scientia Agraria Paranaensis, [S. l.], v. 5, n. 2, p. p. 57–62, 2000. DOI: 10.18188/sap.v5i2.2028. Disponível em: https://e-revista.unioeste.br/index.php/scientiaagraria/article/view/2028. Acesso em: 25 maio. 2022.

Edição

Seção

Artigos