Fracionamento químico da matéria orgânica do solo após sistemas de manejo no inverno

Autores

  • Tatiane Ohland Universidade Estadual do Oeste do Paraná - - Unioeste https://orcid.org/0000-0003-2938-4397
  • Maria do Carmo Lana Universidade Estadual do Oeste do Paraná - - Unioeste
  • Jucenei Fernando Frandoloso Universidade Estadual do Oeste do Paraná - - Unioeste

Resumo


O estudo das frações húmicas auxilia na elaboração de estratégias de manejo do solo, priorizando a adoção de sistemas que melhorem a qualidade do solo. Diante do exposto, objetivou-se com o presente trabalho verificar alterações nas frações químicas da matéria orgânica do solo (MOS) sob diferentes cultivos de inverno e fontes de fertilizantes. As amostras de solo foram coletadas nas camadas de 0,00-0,05; 0,05-0,10; 0,10-0,20 e 0,20-0,40 m, em 2015 e 2016. O delineamento experimental utilizado foi blocos casualizados em parcelas subdivididas, contendo quatro repetições. Na safra de verão, todas as parcelas foram cultivadas com soja. No período de inverno, as parcelas receberam as culturas de aveia preta, crotalária, milho, milho + braquiária e trigo. Nas subparcelas foram aplicadas três fontes de fertilizantes (orgânico, organomineral e mineral). Os teores de carbono (C) nas frações químicas da matéria orgânica do solo (MOS) apresentaram alterações em relação aos cultivos de inverno, sendo pouco influenciados pelas fontes de fertilizantes. As frações ácido fúlvico (AF) e ácido húmico (AH) foram sensíveis aos cultivos de inverno, com redução dos teores de 2015 para 2016. A fração humina, foi pouca influenciada pelo manejo de inverno. O manejo soja/crotalária proporciona redução dos teores de C das frações AH e AF, o que pode prejudicar aspectos relacionados à fertilidade e a longo prazo, afetar a qualidade do solo. As fontes orgânicas e organominerais incrementaram as frações químicas da matéria orgânica na camada superficial do solo e a fonte mineral incrementou as frações em profundidades acima de 0,20 m.

Biografia do Autor

Tatiane Ohland, Universidade Estadual do Oeste do Paraná - - Unioeste

Ciência do Solo/ Agronomia

Maria do Carmo Lana, Universidade Estadual do Oeste do Paraná - - Unioeste

Ciência do Solo/ Agronomia

Jucenei Fernando Frandoloso, Universidade Estadual do Oeste do Paraná - - Unioeste

Ciência do Solo/ Agronomia

Downloads

Publicado

20-04-2019

Como Citar

OHLAND, T.; LANA, M. do C.; FRANDOLOSO, J. F. Fracionamento químico da matéria orgânica do solo após sistemas de manejo no inverno. Scientia Agraria Paranaensis, [S. l.], v. 18, n. 1, p. 53–64, 2019. Disponível em: https://e-revista.unioeste.br/index.php/scientiaagraria/article/view/20945. Acesso em: 2 dez. 2021.

Edição

Seção

Artigos Científicos