Avaliação da rebrota natural de pastagens de Trachypogon plumosus nos cerrados de Roraima

Autores

  • Anibal de Moraes
  • Vicente Gianluppi
  • Amaury Burlamaqui Bendahan

DOI:

https://doi.org/10.18188/sap.v13i1.6537

Palavras-chave:

idade de rebrota, folhas, matéria seca, morfogênese

Resumo


Avaliou-se a rebrota natural de Trachypogon plumosus em pastagens nativas dos lavrados de Roraima, no início do período chuvoso. Os parâmetros mensurados foram rendimento de forragem e características morfogênicas e estruturais da gramínea. Os tratamentos consistiram de cinco idades de rebrota (21, 35, 49, 63 e 77 dias decorridos o início do período chuvoso). O delineamento experimental foi inteiramente casualizados com quatro repetições. As avaliações foram realizadas no período de junho a agosto de 2009. Os rendimentos de matéria seca verde, número total de perfilhos, número de perfilhos axilares, número de perfilhos vivos e área foliar foram diretamente proporcionais às idades de rebrota, ocorrendo o inverso quanto ao rendimento de matéria seca morta, taxa de aparecimento e de expansão de folhas, enquanto que os rendimentos de matéria total não foram afetados. Considerando-se a baixa disponibilidade de matéria seca verde de T. plumosus, recomenda-se a utilização de alguma prática de manejo, preferencialmente o pastejo, de modo a remover o material morto e de baixo valor nutritivo e permitir uma rebrota mais vigorosa da gramínea no início do período chuvoso.

Downloads

Publicado

06-05-2014

Como Citar

MORAES, A. de; GIANLUPPI, V.; BENDAHAN, A. B. Avaliação da rebrota natural de pastagens de Trachypogon plumosus nos cerrados de Roraima. Scientia Agraria Paranaensis, [S. l.], v. 13, n. 1, p. 57–64, 2014. DOI: 10.18188/sap.v13i1.6537. Disponível em: https://e-revista.unioeste.br/index.php/scientiaagraria/article/view/6537. Acesso em: 24 set. 2021.

Edição

Seção

Artigos Científicos