A importância do controle da salmonella na cadeia produtiva de frangos de corte

Autores

  • José Rodolfo dos Santos
  • Sharon Karla Lüders Meza
  • Kelli Cristina Martini
  • Ricardo Vianna Nunes

DOI:

https://doi.org/10.18188/sap.v12i3.6777

Palavras-chave:

contaminação por patógenos, epidemiologia, Salmonella spp.

Resumo


Os produtos de origem animal destinados ao consumo humano representam um papel importante na epidemiologia das salmoneloses humanas. Mesmo com tantos avanços tecnológicos e a modernização das indústrias, a carne de frango é passível a contaminação bacteriana, especialmente por microorganismos do gênero Salmonella, que podem estar alojados no trato intestinal das aves. A prevalência da salmonelose é diferenciada nas diversas regiões do país e sua epidemiologia e controle são bastante complexas. A decorrência disso é a condição de criação dos animais, padrões de higiene e biossegurança, nível de contaminação do alimento, fatores sócio-ambientais e fatores ambientais. Assim o seu controle torna-se um grande desafio para o setor avícola, pois há uma diversidade e emergência de novos sorovares e também por sua relação com a saúde pública.

Downloads

Publicado

13-10-2013

Como Citar

DOS SANTOS, J. R.; LÜDERS MEZA, S. K.; MARTINI, K. C.; NUNES, R. V. A importância do controle da salmonella na cadeia produtiva de frangos de corte. Scientia Agraria Paranaensis, [S. l.], v. 12, n. 3, p. 167–174, 2013. DOI: 10.18188/sap.v12i3.6777. Disponível em: https://e-revista.unioeste.br/index.php/scientiaagraria/article/view/6777. Acesso em: 28 nov. 2021.

Edição

Seção

Revisões Bibliográficas