Indução e regeneração de embriões somáticos de cana-de-açúcar RB996961

Autores

  • Rodrigo de Oliveira Almeida
  • Sérgio Delmar dos Anjos e Silva
  • Daiane Peixoto Vargas
  • Leonardo Ferreira Dutra

DOI:

https://doi.org/10.18188/sap.v14i3.9081

Palavras-chave:

Saccharum spp., cultura de tecido vegetal, embriogênese somática

Resumo


A cana-de-açúcar é uma cultura muito plantada no Brasil devido a grande importância econômica de seus produtos, como etanol e açúcar. Sendo assim, a cultura está freqüentemente inserida em programas de melhoramento genético. Diante do exposto, o presente trabalho objetivou avaliar a resposta morfogênica do genótipo RB996961 à indução de embriogênese somática, com subsequente regeneração dos embriões. Segmentos transversais de 2-3 mm de espessura de folhas jovens oriundas de plantas com 6 a 9 meses de idade foram cultivados em meio MS sólido contendo três concentrações de ácido 2,4-diclorofenoxiacético (2,4-D) para indução de calos embriogênicos. Os melhores resultados foram obtidos usando 13,5 ou 31,5 µM L-1 de 2,4-D em 45 ou 60 dias de incubação em meio de indução, um a três subcultivos e 15 a 45 dias de incubação em meio de regeneração. Este resultado mostra que o protocolo utilizado para o genótipo RB996961 foi eficiente para produção de embriões somáticos (superior a 80%), contudo, necessitando de ajustes na fase de regeneração (62,6 a 73,4%).

Downloads

Publicado

18-09-2015

Como Citar

ALMEIDA, R. de O.; SILVA, S. D. dos A. e; VARGAS, D. P.; DUTRA, L. F. Indução e regeneração de embriões somáticos de cana-de-açúcar RB996961. Scientia Agraria Paranaensis, [S. l.], v. 14, n. 3, p. 154–159, 2015. DOI: 10.18188/sap.v14i3.9081. Disponível em: https://e-revista.unioeste.br/index.php/scientiaagraria/article/view/9081. Acesso em: 2 dez. 2021.

Edição

Seção

Artigos Científicos