AS GAROTAS DO ALCEU, AS GAROTAS DE O CRUZEIRO: DA COLUNA, DE SUAS IMAGENS E DE SEUS TEXTOS

Autores

  • Daniela Queiroz Campos

DOI:

https://doi.org/10.36449/rth.v20i1.13165

Resumo


As Garotas do Alceu circularam semanalmente durante ininterruptos 28 anos naquela que fora a grande revista brasileira de outrora – O Cruzeiro (1928-1975). Ilustradas por Alceu Penna a coluna de pin-ups pode ser considerada a primeira coluna do gênero ilustrativo a nível nacional.  O presente artigo pretende tecer suas tramas narrativas sob a as imagens e os textos que compreendiam aquelas duas páginas semanais em formato tabloide. O gênero ilustrativo de pin-up é problematizado através de suas circulação de massa em revistas norte-americanas e sua popularidade durante a Segunda Guerra Mundial. A rotatividade dos temas abordados pela pin-ups de Alceu Penna nos faz percebê-la como uma coluna de comportamento e de humor. Enfim, este pequeno artigo busca narrar sobre imagens, textos, temas e trajetória de uma coluna de bonecas que divertiu e fez sonhar gerações de brasileiros de meados do século XX.

Downloads

Publicado

11-07-2016

Como Citar

CAMPOS, D. Q. AS GAROTAS DO ALCEU, AS GAROTAS DE O CRUZEIRO: DA COLUNA, DE SUAS IMAGENS E DE SEUS TEXTOS. Tempos Históricos, [S. l.], v. 20, n. 1, p. 300–323, 2016. DOI: 10.36449/rth.v20i1.13165. Disponível em: https://e-revista.unioeste.br/index.php/temposhistoricos/article/view/13165. Acesso em: 18 ago. 2022.

Edição

Seção

Artigos