PROPAGANDISTA E DOUTOR: FERNANDO DO Ó E O ESPIRITISMO NACIONALISTA DOS ANOS 1940

Autores

  • Renan Santos MATTOS

DOI:

https://doi.org/10.36449/rth.v21i1.14762

Resumo


O pós-guerra foi caracterizado pela efervescência de reflexões sobre a condição humana. A crise e a desesperança implicaram nos projetos coletivos defendidos por diferentes grupos e instituições. Neste artigo, aborda-se o posicionamento de Fernando do Ó, intelectual e liderança espírita da cidade de Santa Maria-RS, em que se infere a recorrente associação entre espiritismo e nacionalismo como indiciários tanto do espaço de disputa na cultura religiosa brasileira quanto da conquista de espaço intelectual por parte da liderança espírita local. 

Downloads

Publicado

20-06-2017

Como Citar

MATTOS, R. S. PROPAGANDISTA E DOUTOR: FERNANDO DO Ó E O ESPIRITISMO NACIONALISTA DOS ANOS 1940. Tempos Históricos, [S. l.], v. 21, n. 1, p. 410–436, 2017. DOI: 10.36449/rth.v21i1.14762. Disponível em: https://e-revista.unioeste.br/index.php/temposhistoricos/article/view/14762. Acesso em: 18 ago. 2022.

Edição

Seção

Artigos