A LIGA: RESISTÊNCIA E ORGANIZAÇÃO POLÍTICA DOS TRABALHADORES RURAIS (1962-64)

Autores

  • Max Fellipe Cezario PORPHIRIO Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro (UFRRJ)

DOI:

https://doi.org/10.36449/rth.v22i1.17756

Palavras-chave:

Imprensa, Movimentos sociais rurais, Questão Agrária

Resumo


O presente trabalho analisa a atuação das Ligas Camponesas no campo brasileiro, discutindo a função do semanário A Liga na organização dos trabalhadores rurais. Para tanto, dividimos o artigo em seis partes: a primeira foi dedicada à análise da constituição do movimento, abordando suas estratégias de luta, seus principais teóricos e dirigentes, sua relação com o Partido Comunista Brasileiro (PCB) e seus conflitos internos; na segunda, apresentaremos as principais características do semanário, discutindo suas alterações estruturais no decorrer das primeiras edições; na terceira, analisamos as estratégias argumentativas utilizadas para a caracterização das concepções de luta do PCB e da atuação da Igreja no campo brasileiro; na quarta, avaliaremos o papel do camponês no, e para o periódico; na quinta, exporemos como o periódico caracterizou o campo brasileiro; por fim, discutiremos como o periódico abordou o imperialismo norte-americano e quais países eram apresentados como modelos no trato da questão agrária. Adotando como referências teórico-metodológicas as ideias desenvolvidas por Jean-Noël Jeanneney, Norman Fairclough, Regina de Luca, Cruz e Peixoto, procuramos fazer uma análise bidimensional do discurso desse periódico, discutindo tanto sua estrutura textual – vocabulário, coesão e estratégia textual – como a conjuntura político-econômica na qual se inseria.A Liga: resistência e organização política dos trabalhadores rurais (1962-64)

Biografia do Autor

Max Fellipe Cezario PORPHIRIO, Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro (UFRRJ)

Doutorando do Programa de Pós-Graduação em História da Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro. Possui graduação e mestrado em História pela mesma universidade. Tem experiência na área de História, com ênfase em História do Brasil República, atuando principalmente nos seguintes temas: movimentos sociais no campo e cultura política.

Downloads

Publicado

12-08-2018

Como Citar

PORPHIRIO, M. F. C. A LIGA: RESISTÊNCIA E ORGANIZAÇÃO POLÍTICA DOS TRABALHADORES RURAIS (1962-64). Tempos Históricos, [S. l.], v. 22, n. 1, p. 17–49, 2018. DOI: 10.36449/rth.v22i1.17756. Disponível em: https://e-revista.unioeste.br/index.php/temposhistoricos/article/view/17756. Acesso em: 18 ago. 2022.

Edição

Seção

Dossiê Temático