ELEMENTOS PARA A REFORMULAÇÃO DO CURSO DE PEDAGOGIA: DIAGNÓSTICO E PERFIL DOS ACADÊMICOS E EGRESSOS DA UNIOESTE-CAMPUS DE FOZ DO IGUAÇU

Silvana Aparecida de Souza, Simone Rejane dos Santos

Resumo

O curso de Pedagogia da Universidade Estadual do Oeste do Paraná-Unioeste-campus de Foz do Iguaçu iniciou suas atividades em 2000, com um Projeto Político Pedagógico (PPP) orientado na perspectiva que depois viria se consolidar legalmente nas Diretrizes Curriculares Nacionais para o curso de pedagogia, aprovadas em 2006. Nesses quinze anos de existência, o curso já sofreu duas reformulações do seu PPP. O presente texto consiste no levantamento e sistematização do histórico do curso e dos resultados de levantamento efetuado sobre o perfil de seus acadêmicos e egressos. O objetivo do estudo foi instrumentalizar o processo de tomada de decisões de um terceiro processo de reformulação e atualização do PPP do curso. Os levantamentos demonstram, em grande medida, que a orientação teórico-metodológica do curso é acertada, fato comprovado pela constatação de que a quase totalidade dos acadêmicos e egressos atuam profissionalmente na área da formação, pelo alto índice de egressos que prosseguem os estudos no nível da pós-graduação, inclusive stricto sensu, assim como pelo alto índice de aprovação dos acadêmicos e egressos em concursos públicos. A orientação metodológica do curso é baseada no Materialismo Histórico-Dialético e o perfil profissional assumido no curso é da formação do pedagogo como articulador do trabalho pedagógico. Esta formação está assentada em três eixos de disciplinas: os fundamentos da educação; a organização do trabalho pedagógico (OTP) e políticas educacionais; a ação docente.

Palavras-chave

pedagogia; egressos; acadêmicos

Texto completo:

PDF