CAMINHOS QUE SE INTERCRUZAM ENTRE A EDUCAÇÃO DO CAMPO E A EDUCAÇÃO DE JOVENS E ADULTOS: MARCAS DA EDUCAÇÃO POPULAR

Liliane Borba Castro, Adenilson Souza Cunha Júnior

Resumo


Este artigo objetiva, através de uma revisão de literatura, realizar uma análise sobre a importância da educação no processo de desenvolvimento humano, levando em consideração o contexto da Educação Popular para a formação da Educação do Campo e da Educação de Jovens e Adultos (EJA). Nessa abordagem, a relação histórico-social entre campo, sujeitos e movimentos sociais foi apresentada tendo como enfoque a Educação do Campo, observando sua articulação com a Educação Popular num projeto de educação emancipatória. Na reflexão acerca da relação existente entre Educação Popular e Educação de Jovens e Adultos, a análise demandou o reconhecimento da EJA enquanto representação popular e também como modalidade de ensino, trazendo como referência sua identidade de luta frente à conquista de direitos. As discussões evidenciam que os interesses capitalistas interferem diretamente na sociabilidade humana, impondo um modo de existência e sobrevivência que muitas vezes desconfiguram a pessoalidade e as características peculiares a um determinado contexto social ou regional, configurando-se num processo de negação ou privação de direitos educacionais.


Palavras-chave


Educação do Campo; Educação Popular; Educação de Jovens e Adultos.

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.48075/ri.v22i1.24640

Direitos autorais 2020 Direitos partilhados conforme licença CC BY-NC-SA 4.0

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição - Não comercial - Compartilhar igual 4.0 Internacional.

REVISTA IDEAÇÃO

____________________________________________________________________________________________________________

e-ISSN: 1982-3010 — ISSN: 1518-6911

Unioeste

Universidade Estadual do Oeste do Paraná

Campus de Foz do Iguaçu

Centro de Educação e Letras

Foz do Iguaçu - Paraná - Brasil

[ ideacao@yahoo.com.br ]