EDUCAÇÃO EM SAÚDE COM CRIANÇAS ATENDIDAS EM INSTITUIÇÕES DE ACOLHIMENTO

Samuel Andrade de Oliveira, Elisa Maria Bezerra Maia, Patrícia Mayumi Sakai, Marieta Fernandes Santos, Oscar Kenji Nihei, Marcos Augusto Moraes Arcoverde

Resumo


O desenvolvimento das atividades de educação em saúde na assistência às crianças merece ser priorizado e planejado com o objetivo de promover mudanças, sendo que para isso é necessário o uso de tecnologias apropriadas. Assim, este artigo tem como objetivo descrever as atividades de educação em saúde desenvolvidas com crianças que vivem em instituições de acolhimento no município de Foz do Iguaçu, PR. As ações educativas em saúde foram desenvolvidas em duas instituições de assistência e proteção à criança. O número total de crianças que participaram das atividades foi de 30 crianças, sendo a maioria do sexo masculino, entre 9 e 12 anos de idade. As atividades de educação em saúde foram divididas em três eixos temáticos: Hábitos saudáveis, Alimentação saudável e Saúde bucal. Para as atividades foram utilizados recursos audiovisuais, dinâmicas e fantoches. Conclui-se que a educação ligada à saúde contribui muito para que as práticas de saúde tenham sucesso, pois é através do ensino que se consegue a adoção de novos hábitos e mudança de comportamento.


Palavras-chave


Acolhimento; Educação em Saúde; Crianças; Vulnerabilidade

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.48075/ri.v16i1.9493

Direitos autorais 2014 Direitos partilhados conforme licença CC BY-NC-SA 4.0

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição - Não comercial - Compartilhar igual 4.0 Internacional.

REVISTA IDEAÇÃO

____________________________________________________________________________________________________________

e-ISSN: 1982-3010 — ISSN: 1518-6911

Unioeste

Universidade Estadual do Oeste do Paraná

Campus de Foz do Iguaçu

Centro de Educação e Letras

Foz do Iguaçu - Paraná - Brasil

[ ideacao@yahoo.com.br ]