AS "CARTAS PORTUGUESAS" E A TRADIÇÃO DO “AMOR INFELIZ” NA LITERATURA PORTUGUESA DE VOZ FEMININA

Priscila Finger do Prado

Resumo


Inserido na perspectiva dos estudos literários, o presente trabalho propõe uma análise das Cartas Portuguesas, obra atribuída a Mariana Alcoforado, partindo da hipótese de que essa obra se constitui, dentro da literatura lusa, como um importante elemento formador do imaginário amoroso português de voz feminina. Por meio do estudo, é possível identificar o fato de que as Cartas são antecedidas, estilística ou tematicamente, pelas cantigas de amor e de amigo, e sucedidas por obras como Livro de Sóror Saudade, de Florbela Espanca, e Novas Cartas Portuguesas, de Maria Isabel Barreno, Maria Velho da Costa e Maria Teresa Horta.

Palavras-chave


Cartas portuguesas; Amor infeliz; Literatura Portuguesa; Voz feminina.

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.5935/rl&l.v11i21.3771

Direitos autorais



Revista Línguas & Letras

 


e-ISSN: 1981-4755 — ISSN: 1517-7238

Unioeste - Universidade Estadual do Oeste do Paraná
Campus de Cascavel
Programa de Pós-Graduação em Letras 

Rua Universitária, 2069 - Jardim Universitário
Cascavel – Paraná - CEP: 85819-110

| revistalinguaseletras@gmail.com |