ESTIMAÇÃO DA DEMANDA POR ESGOTAMENTO SANITÁRIO E COLETA DE LIXO NO BRASIL UTILIZANDO O MODELO LOGIT MULTINOMIAL

Autores

  • Adriano Nascimento Paixão
  • João Eustáqio de Lima

DOI:

https://doi.org/10.48075/igepec.v13i1.1873

Palavras-chave:

Esgotamento sanitário, Coleta de Lixo, Logit Multinomial.

Resumo


Os serviços de esgotamento sanitário e coleta de lixo assumem um papel fundamental para a saúde da população e para meio ambiente. Dessa forma, é de grande importância se investigar os fatores que determinam a demanda desses serviços. Este artigo tem como objetivo estimar a demanda pelos serviços de esgotamento sanitário e coleta de lixo para o Brasil, identificando quais os principais fatores que influenciam na decisão dos agentes econômicos. Para alcançar tal objetivo utilizou-se o modelo logit multinomial. Foram usados os microdados da Pesquisa Nacional por Amostras de Domicílios (PNAD) de 2005. Os dados mostram que a renda do domicílio e a escolaridade são os principais determinantes da demanda por tais serviços. Outras variáveis como a localização do imóvel, tamanho da família e o tamanho do imóvel também se mostraram importantes na decisão dos indivíduos.

Downloads

Publicado

15-06-2009

Como Citar

PAIXÃO, A. N.; LIMA, J. E. de. ESTIMAÇÃO DA DEMANDA POR ESGOTAMENTO SANITÁRIO E COLETA DE LIXO NO BRASIL UTILIZANDO O MODELO LOGIT MULTINOMIAL. Informe GEPEC, [S. l.], v. 13, n. 1, p. 40–51, 2009. DOI: 10.48075/igepec.v13i1.1873. Disponível em: https://e-revista.unioeste.br/index.php/gepec/article/view/1873. Acesso em: 2 dez. 2021.

Edição

Seção

Artigos