MENSURAÇÃO DA CAPACIDADE DE GERAÇÃO DE ENERGIA ELÉTRICA A PARTIR DO TRATAMENTO DOS DEJETOS SUÍNOS

Autores

DOI:

https://doi.org/10.48075/igepec.v24i1.22844

Palavras-chave:

Viabilidade Econômica, Aproveitamento de Resíduos, Energia

Resumo


É cada vez maior a busca de soluções tecnológicas para o aproveitamento dos resíduos da produção com a finalidade de geração de energia. O objetivo do trabalho foi mensurar a capacidade de geração de energia elétrica através do biogás oriundo do tratamento de dejetos suínos, e realizar um estudo de viabilidade econômica de tecnologias na introdução dos três principais sistemas de produção de suínos encontrados no país. Os procedimentos metodológicos foram concebidos através de uma revisão sistemática de literatura, com o auxílio de uma análise de conteúdo e de pesquisas de campo. Como resultados foi observado o grande potencial de geração de energia elétrica em caráter renovável, por meio da utilização do biogás, sendo uma potencial fonte de renda nas propriedades produtoras de suínos. Entretanto, vale ressaltar que são poucos os projetos que apresentaram viabilidade econômica, sendo os de maior escala de produção os que oferecem os melhores resultados.

Biografia do Autor

Fabrício Oliveira Leitão, UnB (Universidade de Brasília)

Possui graduação em Administração, especialização em Gestão Educacional, mestrado em Agronegócios, e doutorado em Transportes. Atualmente é professor da Faculdade CNEC Unaí, titular das disciplinas de Teorias da Administração, Administração da Produção e Operações, Introdução à Engenharia de Produção, Desenvolvimento do Produto e Logística. Professor no UDF Centro Universitário de Brasília, lecionando as disciplinas de Gestão de Projetos, Análise e Melhoria de Processos, Arquitetura Organizacional e Gestão da Produção e Operações. Também é coordenador do curso de Engenharia de Produção da Faculdade CNEC Unaí, e supervisor da Revista CNEC com Ciência. Tem artigos publicados em Revistas Especializadas trabalhando com as linhas de pesquisa voltadas para a Gestão da Produção e Logística. É membro do grupo de pesquisa do GPIT/UnB (Grupo de Pesquisa sobre Planejamento e Gestão em Transportes) e do GECOMP/UnB (Grupo de Estudos sobre a Sustentabilidade e Competitividade do Agronegócio/UnB) onde lidera uma linha de pesquisa sobre Logística no Agronegócio. Foi consultor do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento no projeto Suinocultura de Baixa Emissão de Carbono em 2015 e 2016.

Cleandro Pazinato Dias, Universidade Estadual de Londrina

Graduação em Medicina Veterinária pela Universidade Federal de Santa Maria - UFSM (1994). Mestrado em Ciências Veterinárias pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS) na área de Reprodução Animal (2000). MBA em Gestão em Agribusiness pela Fundação Getúlio Vargas - FGV (2006). Doutorado em Ciência Animal pela Universidade Estadual de Londrina ? UEL, com período sanduíche na Universidade Autônoma de Barcelona (UAB), desenvolvendo projetos na área de bem-estar animal (2014). Com experiência em suínos, atuando em empresas de consultoria, genética e nutrição na implantação e gerenciamento de projetos suinícolas independentes e integrados. Consultor do Instituto Interamericano de Cooperação para Agricultura (IICA) na área de sustentabilidade, desenvolvendo em parceria com o Ministério da Agricultura Pecuária e Abastecimento (MAPA) os projetos: Suinocultura de Baixa Emissão de Carbono e Pecuária de Baixa Emissão de Carbono. Consultor do Projeto Diálogos Setoriais União Europeia - Brasil para ação: Estratégias do SVO e setor privado para adoção de gestação coletiva de matrizes suínas. Membro da OIE ad hoc Group on Animal Welfare and Pig Production Systems.

Marlon Vinícius Brisola, Universidade de Brasília

Pós-doutor pela Facultad de Ciencias Económicas, Universidad de Buenos Aires, Argentina (Tit Projeto: El Estado y el agronegocio de la carne vacuna: un analisis histórico y comparado entre Argentina y Brasil), Doutor em Ciências Sociais, com especialização em estudos comparados sobre as Américas (CEPPAC/UnB), Mestre em Ciências Agrárias, com especialização em Agronegócios (UnB), Mestre em Administração de Empresas (CNEC) e Graduado em Medicina Veterinária (UFMG). Professor da Universidade de Brasília - Faculdade de Agronomia e Medicina Veterinária - Área de Ciências Sociais Aplicadas e Agronegócios. Pesquisador Credenciado do PROPAGA - Programa de Pós-graduação em Agronegócios, da UnB. Líder do Grupo de Estudos sobre a Competitividade e Sustentabilidade do Agronegócio (GECOMP/CNPq). Membro da Sociedade Brasileira de Economia, Administração e Sociologia Rural (SOBER) e do Grupo de Estudos do Mercosul (GES-UniCEUB/CNPq). Áreas de interesse: História Econômica Comparada; Desenvolvimento Regional e Institucional no âmbito dos Sistemas Agroindustriais, tanto no Brasil, como na América Latina; Sociologia dos Mercados aplicada aos Agronegócios, estudos prospectivos no agronegócio.

Downloads

Publicado

27-03-2020

Como Citar

LEITÃO, F. O.; DIAS, C. P.; BRISOLA, M. V. MENSURAÇÃO DA CAPACIDADE DE GERAÇÃO DE ENERGIA ELÉTRICA A PARTIR DO TRATAMENTO DOS DEJETOS SUÍNOS. Informe GEPEC, [S. l.], v. 24, n. 1, p. 91–115, 2020. DOI: 10.48075/igepec.v24i1.22844. Disponível em: https://e-revista.unioeste.br/index.php/gepec/article/view/22844. Acesso em: 17 ago. 2022.

Edição

Seção

Artigos