ANÁLISE DA ESTRUTURA PRODUTIVA DA MESORREGIÃO DO SUDOESTE PIAUIENSE ENTRE 2002 E 2017 Analysis of the production structure of the mesoregion of southwest of Piauí between 2002 and 2017

Autores

  • Gabriele Ferreira da Silva Monte UNIVERSIDADE FEDERAL DO PIAUÍ
  • Edivane Sousa Lima UNIVERSIDADE FEDERAL DO PIAUÍ

DOI:

https://doi.org/10.48075/igepec.v25i0.26247

Palavras-chave:

Desenvolvimento regional, Análise multivariada, Sudoeste Piauiense, Cerrado.

Resumo


Este estudo analisou a estrutura produtiva da Mesorregião do Sudoeste Piauiense entre 2002 e 2017. Utilizou-se a análise fatorial por componentes principais como metodologia para estimar um índice de estrutura produtiva municipal, na intenção de classificar os municípios de acordo com seu grau de produtividade e verificar a ocorrência de mudança na estrutura produtiva no período analisado. Os resultados mostraram alto grau de produtividade para os municípios de Floriano, São Raimundo Nonato e Uruçuí, enquanto os municípios de Antônio Almeida, Baixa Grande do Ribeiro, Bom Jesus, Canto do Buriti, Corrente, Guadalupe e Ribeiro Gonçalves apresentaram grau médio de produtividade no ano de 2002. No cenário do ano de 2017, os municípios de Baixa Grande do Ribeiro e Bom Jesus passaram a apresentar índice de produtividade alto, além de melhoria modesta do índice de estrutura produtiva na maioria dos municípios analisados. Constatou-se que a maior parte dos municípios de grau alto e médio de produtividade foram mais intensivos no indicador de estrutura agropecuária e os de baixo grau, mais intensivos no indicador de estrutura industrial. Conclui-se, portanto, que essa mesorregião vem passando por transformações importantes em todos os setores econômicos, base da sua estrutura produtiva, carecendo de um olhar mais atento do poder público para o fortalecimento e a melhoria de sua dinamização. Nesse sentido, seria importante a elaboração e aplicação de um plano de investimentos direcionado aos setores-chaves da economia regional com objetivo de elevar a produtividade e promover o desenvolvimento econômico regional.

Biografia do Autor

Gabriele Ferreira da Silva Monte, UNIVERSIDADE FEDERAL DO PIAUÍ

Departamento de Ciências Econômicas

Bolsista do Programa Voluntário de Iniciação Cientítica Voluntária (ICV/UFPI)

Área: Economia Regional

Edivane Sousa Lima, UNIVERSIDADE FEDERAL DO PIAUÍ

Departamento de Ciências Econômicas

Pesquisadora do Núcleo de Economia Regional do Piauí - NERPI

Área: Economia Regional

Referências

AGUIAR, Teresinha de Jesus Alves de; MONTEIRO, Maria do Socorro Lira. Modelo Agrícola e Desenvolvimento Sustentável: a Ocupação do Cerrado Piauiense. Ambiente e Sociedade, Piauí, 2005.

ALVES, Denis Fernandes et al. Estrutura Produtiva nas Mesorregiões do Nordeste Brasileiro: Uma Análise Fatorial. Informe GEPEC, [S. l.], 2018.

ALVES, Vicente. A expansão da soja e o processo de urbanização nos cerrados piauienses. In: ENCONTRO DE GEÓGRAFOS DA AMÉRICA LATINA: DO LABIRINTO DA SOLIDÃO AO ESPAÇO DA SOLIDARIEDADE, 2005, São Paulo. Anais... São Paulo: Departamento de Geografia/FFLCH/USP, 2005.

ANDRADE, Wendel Sandro de Paula. Localização economicamente ótima das novas agroindústrias de abate e processamento de aves e suínos no Brasil. Revista de Economia e Agronegócio, Viçosa, v. 5, n. 3, p. 379-400, 2007.

BASTOS, Suzana Quinet de Andrade. Reflexões sobre o Desenvolvimento Local: a partir da análise do processo de industrialização de Juiz de Fora (MG). 2007. Dissertação (Mestrado em Economia Aplicada) – Faculdade de Economia e Administração, Universidade Federal de Juiz de Fora, Juiz de Fora, 2007.

BATISTI, Vanessa de Souza. Transformação da Estrutura Produtiva Regional e Desenvolvimento Endógeno: o Caso do Vale do Rio dos Sinos. 2018. Tese (Doutorado) – Faculdade de Arquitetura, Universidade Federal do Rio Grande do Sul, Porto Alegre.

BELLINGIERI, Julio Cesar. Teorias do Desenvolvimento Regional e Local: uma revisão bibliográfica. Revista de Desenvolvimento Econômico, Salvador, v. 2, n. 37, p. 6-34, Ago. 2017.

BRASIL. Ministério do Trabalho e Emprego. Programa de Disseminação das Estatísticas do Trabalho. Relação Anual de Informações Sociais (RAIS). Brasília, 2002.

______. Ministério do Trabalho e Emprego. Programa de Disseminação das Estatísticas do Trabalho. Relação Anual de Informações Sociais (RAIS). Brasília, 2017.

CARLEIAL, Liana; CRUZ, Bruno. Estratégia de Desenvolvimento Regional, Política Pública Negociada e novas Institucionalidades. Boletim Regional, Urbano e Ambiental - Artigos, [s.l], v. 3, p. 15-22, 2009.

CEPRO- FUNDAÇÃO CENTRO DE PESQUISAS ECONÔMICAS E SOCIAIS. Produto Interno Bruto do Municipal do Piauí 2011. 2011.

CLARK, Colin. The Conditions of Economic Progress. London: 1940.

FIGUEIREDO FILHO, Dalson Brito; SILVA JUNIOR, José Alexandre da. Visão além do alcance: uma introdução à análise fatorial. Opinião Pública, Campinas, v. 16, n. 1, p. 160-185, Jun. 2010.

FOCHEZZATTO, Adelar. Desenvolvimento regional: recomendações para um novo paradigma produtivo. Três décadas de Economia Gaúcha, [S.l], v.1, p. 160-192, 2010.

HAIR Jr, Joseph F et al. Análise Multivariada de Dados. 6.ed. Porto Alegre, Bookman, 2009. 688p.

IBGE – INSTITUTO BRASILEIRO DE GEOGRAFIA E ESTATÍSTICA. Censo Demográfico, 2010. Disponível em: < https://sidra.ibge.gov.br/tabela/1301>. Acesso em: 3 de abril de 2020.

______. Panorama dos Municípios, 2020. Disponível em: < https://cidades.ibge.gov.br/panorama>. Acesso em: 2 de abril de 2020.

______. População residente estimada, 2019. Disponível em:< https://sidra.ibge.gov.br/tabela/6579>. Acesso em: 3 de abril de 2020.

______. Produção Agrícola Municipal, 2018. Disponível em:<https://sidra.ibge.gov.br/>. Acesso em: 8 de outubro de 2019.

______. Produto Interno Bruto dos Municípios, 2002. Disponível em: < https://sidra.ibge.gov.br/tabela/5938>. Acesso em: 2 de março de 2020.

______. Produto Interno Bruto dos Municípios, 2017. Disponível em: < https://sidra.ibge.gov.br/tabela/5938>. Acesso em: 2 de março de 2020.

¬______. Território, 2020. Disponível em: < https://sidra.ibge.gov.br/territorio#/N8/2203>. Acesso em: 2 de abril de 2020.

JESUS, Josias Alves de; SPÍNOLA, Noelio Dantaslé. Seis décadas da Teoria dos Pólos de Crescimento: revisitando Perroux. RDE – Revista de Desenvolvimento Econômico, Salvador, v. 17, n. 2, p. 935-952, 2015.

LEAL, Manuela Nunes. Agronegócio da Soja no Piauí: região do fazer produtivo. 2013. Tese (Doutorado) – Núcleo de Pós-Graduação em Geografia, Universidade Federal de Sergipe, São Cristóvão.

LIBERATO, Rita de Cássia. Revisando os Modelos e as Teorias de Análise Regional. Caderno de Geografia, Belo Horizonte, v. 18, n. 29, p. 127-136, 2º sem. 2008.

MACCALLUM, Robert C et al. Sample Size in Factor Analysis. Psychological Methods, [s.l] v. 4, n. 1, p. 84-99, 1999.

MARQUES, Angela Fontana. Aplicação da análise multivariada na infraestrutura e no desempenho das escolas públicas do Ensino Fundamental e Médio pertencentes ao Núcleo Regional de Educação de Paranavaí. Acta Scientiarum. Technology, Maringá, v. 32, n. 1, p. 75-81, 2010.

MALUF, Renato S. Hirschman e a dessacralização da epopeia do desenvolvimento por um desenvolvimentista. Revista de Economia Política, São Paulo, v. 35, n. 1, p. 43-63, 2015.

MELO, Cármem Ozana de; PARRÉ, José Luiz. Índice de desenvolvimento rural dos municípios paranaenses: determinantes e hierarquização. Revista Economia e Sociologia Rural, v. 45 n. 2 Brasília, Abr./Jun 2007.

MDIC- MINISTÉRIO DA ÍNDUSTRIA, COMÉRCIO EXTERIOR E SERVIÇOS. Estatísticas de Comércio Exterior: Exportações, Importações e Balança Comercial - Estado: Piauí 2018. Disponível em: <http://www.mdic.gov.br/comercio-exterior/estatisticas-de-comercio-exterior/comex-vis/frame-uf-produto?uf=pi>. Acesso em: 8 de outubro de 2019.

MINGOTI, Sueli Aparecida. Análise de dados através de métodos de estatística multivariada: uma abordagem aplicada. Minas Gerais, UFMG, 2005.

MONTEIRO, Maria do Socorro Lira. Ocupação do Cerrado Piauiense: estratégia empresarial e especulação fundiária. 2002. Tese (Doutorado) – Universidade Estadual de Campinas, Campinas 2002.

OCAMPO, José Antonio. Hirschman, a industrialização e a teoria do desenvolvimento. Revista Economia Ensaios, Uberlândia v. 27, n. 2, p. 17-28, Jan./Jun. 2013.

OLIMPIO, José Adauto; MONTEIRO, Maria do Socorro Lira. Impactos Modernos da Agricultura sobre o Solo e a Biodiversidade no Cerrado em Palmeira do Piauí e Currais. Carta Cepro, Piauí, 2005.

RIBEIRO, Luis Carlos de Santana; ROCHA, Gustavo de Britto. Interdependência Produtiva e Estratégias de Desenvolvimento para o Estado da Bahia. Revista Economia Ensaios, Uberlândia (MG), v. 27 n.2, p. 67-83, Jan./Jun. 2013.

SOUZA, Nali de Jesus de. Economia Regional: Conceito e Fundamentos Teóricos. Perspectiva Econômica, São Leopoldo, v. 11, n. 32, p. 67-102, 1981.

VASCONCELLOS, Bianca Louzada Xavier. Desenvolvimento Regional e Estrutura Produtiva: Um Estudo Sobre a Região do Médio Paraíba (RJ). 2016. Dissertação – Instituto de Ciências Sociais Aplicadas, Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro, Nova Iguaçu.

VICINI, Lorena. Análise Multivariada da Teoria à Prática. Santa Maria: 2005.

WAIBEL, Leo. A Teoria de Von Thünen sobre a influência da distância do mercado relativamente a utilização da terra. Revista Brasileira de Geografia, [S.l], n. 1, p. 3-40, 1948.

Downloads

Publicado

18-01-2021

Como Citar

MONTE, G. F. da S.; LIMA, E. S. ANÁLISE DA ESTRUTURA PRODUTIVA DA MESORREGIÃO DO SUDOESTE PIAUIENSE ENTRE 2002 E 2017 Analysis of the production structure of the mesoregion of southwest of Piauí between 2002 and 2017. Informe GEPEC, [S. l.], v. 25, p. 10–28, 2021. DOI: 10.48075/igepec.v25i0.26247. Disponível em: https://e-revista.unioeste.br/index.php/gepec/article/view/26247. Acesso em: 8 ago. 2022.