Do determinismo histórico às possibilidades de mudanças institucionais no âmbito do território

Autores

  • Ana Luísa de Souza Soares
  • Leonardo Xavier da Silva

DOI:

https://doi.org/10.48075/igepec.v18i1.9614

Palavras-chave:

Nova Economia Institucional, Processos de aprendizagem, Território.

Resumo


A economia institucional de Douglass North adota como micro fundamento a concepção de modelos mentais, um modelo sistematizado de interpretação da realidade que pela experiência reforça a rigidez institucional às mudanças. E a incorporação da teoria de path dependence em seu arcabouço teórico induz ao determinismo histórico, negligenciando que os indivíduos mudam suas representações sobre a realidade através da práxis. Propõe-se nesse ensaio justificar a partir da apresentação da construção teórica dos modelos mentais conjugados com a teoria de path dependence a afirmação de determinismo histórico na economia institucional de North, apontando sua inadequação por negligenciar que no território precipitam-se mudanças histórico-culturais que possibilitam a flexibilidade institucional necessária para a definição de novas trajetórias de desenvolvimento por processos de aprendizagem.

Downloads

Publicado

09-07-2014

Como Citar

SOARES, A. L. de S.; SILVA, L. X. da. Do determinismo histórico às possibilidades de mudanças institucionais no âmbito do território. Informe GEPEC, [S. l.], v. 18, n. 1, p. 77–87, 2014. DOI: 10.48075/igepec.v18i1.9614. Disponível em: https://e-revista.unioeste.br/index.php/gepec/article/view/9614. Acesso em: 13 ago. 2022.

Edição

Seção

Artigos