O SENTIDO DAS TEORIAS PEDAGÓGICAS NO ENSINO DA ARTE EM ESCOLAS DO CAMPO: DIÁLOGO ENTRE PAULO FREIRE E ANA MAE BARBOSA

Autores

DOI:

https://doi.org/10.48075/ri.v24i2.26093

Palavras-chave:

Educação, Ensino da Arte, Pedagogia

Resumo


Analisa a relação do ensino da arte na Educação do Campo a partir das contribuições do pensamento de Freire para os estudos sobre educação e a Abordagem Triangular de Ana Mae Barbosa, tendo como referência as teorias pedagógicas da educação e a concepção da arte como construção, conhecimento e produção do sujeito. A questão surge a partir da necessidade de se discutir como se constitui o ensino da Arte nas escolas do Campo e seus diversos sujeitos e culturas. A análise das concepções pedagógicas e das teorias de ensino da arte mostra que ainda precisamos avançar, abdicando do ideário eurocêntrico, de forma a romper com as dialéticas tradicionais que invisibilizam saber e culturas. O artigo pretende cooperar para a disseminação de reflexões acerca do ensino da arte na educação do campo.
Palavras-chave: Educação do campo. Ensino da Arte. Teorias pedagógicas

Biografia do Autor

Fernanda Monteiro Barreto Camargo, Universidade Federal do Espírito Santo

Doutora e Mestre em Educação pela Universidade Federal do Espírito Santo (UFES) . Especialista em Gestão Escolar, Liderança do 3º Setor e Mediação em EaD pela UFES. Graduada em Educação Artística, Artes Plásticas ( UFES) e Pedagogia. Professora do Departamento de Linguagens , Cultura e Educação - Centro de Educação (UFES) . Lider o Grupo de Pesquisa Imagem , Tecnologia e Infâncias ( GEPITI) , pesquisadora do Observatório da Formação de professores de Artes na América Latina e membro do NUPEEES - UFSB . Desenvolve projetos nas áreas de Formação de Professores em Artes , Culturas e Leitura de imagem.

Marina Rodrigues Miranda, UNIVERSIDADE FEDERAL DO SUL DA BAHIA

Professora Especialista em Orientação Acadêmica em EAD pela universidade Federal do Mato Grosso (UFMT); Especialista em Educação Física Escolar pela Universidade Federal do Espirito Santo ? UFES; Mestrado em Educação pela Universidade Federal do Espírito Santo (2007) e Doutorado em Educação pela Universidade Federal da Bahia (2013). Professora Adjunto - Nível I da Universidade Federal do Sul da Bahia/UFSB; Atuo na Pós-graduação em Agro-ecologia e Educação do Campo da Universidade Federal do Sul da Bahia/UFSB; Líder do Núcleo de Pesquisa, Ensino e Extensão em Experiência do Sensível na linha de Estudos e Pesquisas com Crianças, atuando principalmente nos seguintes temas de estudos e pesquisas: Educação de Infâncias quilombolas e indígena;. Membro do grupo de Pesquisa Imagens e Tecnologias e Infâncias ? PPGE - UFES com o tema de pesquisa Culturas Infantis em comunidades tradicionais. Contato: marina.miranda@ufsb.edu.br

Downloads

Publicado

24-06-2021

Como Citar

CAMARGO, F. M. B.; MIRANDA, M. R. O SENTIDO DAS TEORIAS PEDAGÓGICAS NO ENSINO DA ARTE EM ESCOLAS DO CAMPO: DIÁLOGO ENTRE PAULO FREIRE E ANA MAE BARBOSA. Ideação, [S. l.], v. 23, n. 2, p. 202–216, 2021. DOI: 10.48075/ri.v24i2.26093. Disponível em: https://e-revista.unioeste.br/index.php/ideacao/article/view/26093. Acesso em: 9 dez. 2021.