DIVERSIDADE POPULACIONAL: DISCURSOS DE FIXAÇÃO DO PATRIMÔNIO CULTURAL DE FOZ DO IGUAÇU/PR

Autores

  • Samuel Klauck
  • Andressa Szekut

DOI:

https://doi.org/10.48075/ri.v14i2.7175

Palavras-chave:

Memória, Diversidade Populacional, Patrimônio Cultural.

Resumo


O estudo analisa a formação da diversidade populacional de Foz do Iguaçu, a partir da construção da memória desse processo, que a consolida como patrimônio cultural da cidade. Pauta-se em levantamentos historiográficos e nas análises de discursos produzidos por instituições e meios midiáticos. Fundamenta-se em preceitos teórico-metodológicos da história cultural, bem como, na compreensão dos conceitos de memória, patrimônio cultural e identidade. Identifica o processo histórico da construção da memória da formação populacional e como esta é formadora da identidade coletiva deste espaço. Analisa a fixação de um discurso positivo estabelecido através da memória, ancorada em preceitos de integração dos diversos grupos e na consolidação deste discurso em referências de patrimônio cultural.

Downloads

Publicado

13-03-2013

Como Citar

KLAUCK, S.; SZEKUT, A. DIVERSIDADE POPULACIONAL: DISCURSOS DE FIXAÇÃO DO PATRIMÔNIO CULTURAL DE FOZ DO IGUAÇU/PR. Ideação, [S. l.], v. 14, n. 2, p. 157–177, 2013. DOI: 10.48075/ri.v14i2.7175. Disponível em: https://e-revista.unioeste.br/index.php/ideacao/article/view/7175. Acesso em: 16 ago. 2022.