O movimento Ciência/Tecnologia/Sociedade (CTS) e o ensino de ciências: condiconantes estruturais

Autores

  • Marcia Borin da Cunha

Palavras-chave:

Ciência, Tecnologia, Sociedade, Currículos.

Resumo


Os questionamentos acerca da estrutura tradicional dos currículos da disciplina de ciências, no que diz respeito, principalmente, à permanência de conteúdos inalterados durante décadas, tornam necessária uma reflexão sobre os conteúdos ensinados nessa disciplina. A introdução da perspectiva Ciência/Tecnologia/Sociedade (CTS), nos currículos de ciências, pode ser uma alternativa para adequá-las a uma nova compreensão dos conteúdos científicos em relação às aplicações tecnológicas desse conhecimento tão presente no mundo atual. Entretanto, o estudo da perspectiva CTS nos mostra que existem alguns condicionantes estruturais para que estas propostas venham a se consolidar. Dentre eles, citamos neste trabalho o professor e o livro didático. Assim, apontamos à necessidade da superação destes para introdução da perspectiva CTS na escola.

Downloads

Publicado

01-01-2000

Como Citar

CUNHA, M. B. da. O movimento Ciência/Tecnologia/Sociedade (CTS) e o ensino de ciências: condiconantes estruturais. Varia Scientia, [S. l.], v. 6, n. 12, p. p. 121–134, 2000. Disponível em: https://e-revista.unioeste.br/index.php/variascientia/article/view/1517. Acesso em: 21 out. 2021.

Edição

Seção

Artigos e Ensaios