TRATAMENTO DE HIPERPLASIA GENGIVAL FIBRÓTICA ASSOCIADA À TERAPIA ORTODÔNTICA NA ADOLESCÊNCIA CASO CLÍNICO

Autores

  • Lucianara Ignez Tavares Luzzi
  • Vanessa Mantovani

Palavras-chave:

gengivoplastia, periodontia, tratamento periodontal básico.

Resumo


O tratamento de um caso de Hiperplasia Gengival Inflamatória
Crônica foi realizado na Universidade Estadual do Oeste do Paraná - Unioeste,
em uma paciente do sexo feminino, leucoderma, de 14 anos de idade, portadora
de aparelho ortodôntico fixo. A paciente queixava-se de crescimento
gengival, dificuldade de higienização, sangramento e desejo de aumentar a
coroa clínica dos dentes. Após anamnese detalhada e exame clínico cuidadoso,
realizou-se o plano de tratamento, iniciando-se pela terapia periodontal
básica. Durante a reavaliação, constatou-se a necessidade de intervenção
cirúrgica pela técnica de Gengivoplastia para restituir as características
anatomo-funcionais normais do periodonto de proteção, o que facilitou a
higienização e favoreceu a estética. A correção cirúrgica de Hiperplasia
Gengival Fibrótica é um procedimento simples, desde que sejam realizados
de forma adequada tanto o diagnóstico como a motivação do paciente. Além
disso, é de fundamental importância que o paciente seja conscientizado sobre
a necessidade de terapia de suporte para evitar recidivas, uma vez que a
hiperplasia gengival é intensificada pela presença de biofilme bacteriano.
Desta maneira, a inter-relação da Periodontia com a Ortodontia é de extrema
importância para o sucesso do tratamento ortodôntico.

Downloads

Publicado

10-11-2009

Como Citar

LUZZI, L. I. T.; MANTOVANI, V. TRATAMENTO DE HIPERPLASIA GENGIVAL FIBRÓTICA ASSOCIADA À TERAPIA ORTODÔNTICA NA ADOLESCÊNCIA CASO CLÍNICO. Varia Scientia, [S. l.], v. 7, n. 13, p. p. 125–133, 2009. Disponível em: https://e-revista.unioeste.br/index.php/variascientia/article/view/2530. Acesso em: 25 jun. 2022.

Edição

Seção

Artigos e Ensaios