UM OLHAR DA FISIOTERAPIA NO ATRASO DO DESENVOLVIMENTO MOTOR EM CRECHES PÚBLICAS

Autores

  • Helenara Moreira
  • Andréa Cristina Lima
  • José Mohamud Vilagra
  • Mariana Bicho Melin

Palavras-chave:

Desenvolvimento, avaliação motora, orientações preventivas.

Resumo


Devido à importância e ao impacto do atraso no desenvolvimento motor é fundamental que se possa, o mais precocemente possível, identificar as crianças de maior risco, a fim de minimizar os efeitos negativos daí decorrentes. Existem evidências suficientes de que quanto mais precoce for o diagnóstico menor será o impacto desses problemas na vida futura dessa criança. O reconhecimento a tempo, a orientação aos pais e as medidas adequadas são igualmente importantes para uma melhor qualidade de vida destas crianças e suas famílias. O objetivo deste estudo foi proporcionar as crianças dos centros municipais de educação infantil de Cascavel – CMEIs, uma avaliação fisioterapêutica visando verificar a presença ou não de atraso do desenvolvimento motor e favorecer o encaminhamento precoce para a estimulação motora. Foram avaliados 246 bebês através de visitas a todas as creches municipais. Percebeu-se que a incidência de atraso é significativa e que o papel do profissional da Fisioterapia é muito importante para conscientizar, orientar e treinar as monitoras de berçário para que estas possam contribuir para o desenvolvimento adequado da criança que esta sob seus cuidados estimulando as aquisições motoras até um desenvolvimento pleno.

Downloads

Publicado

01-01-2000

Como Citar

MOREIRA, H.; LIMA, A. C.; VILAGRA, J. M.; MELIN, M. B. UM OLHAR DA FISIOTERAPIA NO ATRASO DO DESENVOLVIMENTO MOTOR EM CRECHES PÚBLICAS. Varia Scientia, [S. l.], v. 9, n. 15, p. p.27–34, 2000. Disponível em: https://e-revista.unioeste.br/index.php/variascientia/article/view/3916. Acesso em: 22 out. 2021.

Edição

Seção

Artigos e Ensaios