APLICAÇÃO DE REPELENTES ALTERNATIVOS EM INSETOS PRESENTES NAS SEMENTES DO MILHO ARMAZENADO EM ESPIGAS

Autores

  • Melani Ines Valiati
  • Divair Christ
  • Lúcia Helena Pereira Nóbrega
  • Luis Francisco Angeli Alves

Palavras-chave:

armazenamento, repelência a insetos, controle de pragas.

Resumo


Sementes de milho são geralmente atacadas por pragas, as quais
surgem ainda no campo ou durante a armazenagem; assim, há a necessidade
de usar produtos controladores da presença de insetos. Normalmente,
utilizam-se produtos químicos que podem causar danos à saúde, levando ao
teste de produtos alternativos. Com o objetivo de verificar o efeito repelente
em sementes de milho em espigas com colheitas manual e mecânica, armazenadas
em recipientes de metal de 20 L, tampados em um silo de concreto,
por um período de seis meses, foram testadas folhas de eucalipto (Eucalyptus
ssp) das variedades comum e citriodora e pulverização com solução de creolina
10 % como tratamentos alternativos no controle de pragas. Para efeito de
comparação, usou-se tratamento com fosfina. A cada trinta dias foram retiradas
amostras ao acaso para determinação do grau de infestação de insetos;
massa específica e perda de massa das sementes. Houve maior infestação
de Sitophilus spp e Tribolium castaneum. Os tratamentos com creolina e fosfina
foram mais eficientes no controle de Sitophilus sp, sendo a infestação maior
nas sementes de colheita manual, sofrendo acréscimo com o tempo de
armazenamento. Entretanto, nas sementes colhidas mecanicamente, a fosfina
e o eucalipto citriodora apresentaram menor infestação durante o
armazenamento. Os tratamentos não influenciaram na massa de sementes
e o método de colheita não interferiu na massa específica das sementes,
contudo, o eucalipto comum influenciou negativamente a massa específica.
Os tratamentos com creolina e eucalipto citriodora apresentaram menor grau
de infestação que as testemunhas e menor grau de infestação entre os tratamentos
alternativos. Como a fosfina exerce controle sobre os insetos, para
a repelência poderia ser indicada a creolina no tratamento de espigas de
milho armazenado.

Downloads

Publicado

10-11-2009

Como Citar

VALIATI, M. I.; CHRIST, D.; NÓBREGA, L. H. P.; ALVES, L. F. A. APLICAÇÃO DE REPELENTES ALTERNATIVOS EM INSETOS PRESENTES NAS SEMENTES DO MILHO ARMAZENADO EM ESPIGAS. Varia Scientia, [S. l.], v. 7, n. 13, p. p. 63–77, 2009. Disponível em: https://e-revista.unioeste.br/index.php/variascientia/article/view/2524. Acesso em: 29 jan. 2022.

Edição

Seção

Artigos e Ensaios