PONTO CEGO, HERMENEUTICA E ARGUMENTO DE AUTORIDADE: ALGUMAS INDAGAÇÕES EPISTEMOLÓGICAS DA PESQUISA JURÍDICA A PARTIR DE MATURANA E VARELA

Elaine Cristina Volpato

Resumo


O artigo caracteriza-se como estudo teórico a cerca das possibilidades de aproximação dos instrumentos conceituais da análise da biologia cerebral animal por Maturana e Varela (2005), para compreensão epistemológica do discurso do Direito a partir do grande valor do argumento de autoridade. Examinam-se os conceitos de “ponto cego”, de hermenêutica e de legitimidade acadêmica do conhecimento científico. As cogitações estão embasadas na literatura foram complementadas por contagens de frequências, a partir de programas de Pós-Graduação, considerados centros de excelência nacional na pesquisa jurídica.


Palavras-chave


Pesquisa Jurídica; Explicações científicas; Sociologia do conhecer.

Texto completo:

PDF


Direitos autorais 2019 Direitos partilhados conforme licença CC BY-NC-SA 4.0

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição - Não comercial - Compartilhar igual 4.0 Internacional.

REVISTA IDEAÇÃO

____________________________________________________________________________________________________________

e-ISSN: 1982-3010 — ISSN: 1518-6911

Unioeste

Universidade Estadual do Oeste do Paraná

Campus de Foz do Iguaçu

Centro de Educação e Letras

Foz do Iguaçu - Paraná - Brasil

[ ideacao@yahoo.com.br ]