EXPERIÊNCIA E HISTÓRIA NAS NARRATIVAS DE EDMUND WHITE, BERNARDO CARVALHO E MILTON HATOUM

Paulo César Silva de Oliveira

Resumo


Este artigo propõe uma leitura comparada dos ficcionistas Edmund White, Bernardo Carvalho e Milton Hatoum. Concentrados na questão da experiência, investigaremos certos modos de construção ficcional que, nos três autores, se colocam em diálogo, traçando um painel singular da prosa contemporânea nas suas relações com a autobiografia e a história. Nesse sentido, o caráter interdisciplinar da teoria literária abre caminhos para pensarmos uma poética da mobilidade e da clausura em curso na ficção desses autores. Nosso referencial teórico se vale especialmente do pensamento de Walter Benjamin, Phillipe Lejeune, Beatriz Sarlo e Jeanne Marie Gagnebin, dentre outros.


Palavras-chave


exílio e experiência; ficção e história; literatura contemporânea.

Texto completo:

PDF


Direitos autorais



Revista Línguas & Letras

 


e-ISSN: 1981-4755 — ISSN: 1517-7238

Unioeste - Universidade Estadual do Oeste do Paraná
Campus de Cascavel
Programa de Pós-Graduação em Letras 

Rua Universitária, 2069 - Jardim Universitário
Cascavel – Paraná - CEP: 85819-110

| revistalinguaseletras@gmail.com |