CARTOGRAFIAS IMAGINÁRIAS: GEOPOÉTICAS E FRONTEIRAS

Diana Araujo Pereira

Resumo


RESUMO: O presente artigo propõe uma reflexão sobre o conceito de estética vinculado ao espaço geográfico e simbólico da fronteira. A relação entre cultura e território é abordada através de uma breve análise de conceitos introduzidos pelas diversas áreas do conhecimento, como a geografia ou a filosofia. Através da conceitualização de uma geopoética trifronteiriça, pretendemos inserir a área da literatura nos chamados estudos de fronteira.PALAVRAS-CHAVE: Geopoética; fronteira; Tríplice Fronteira.  http://dx.doi.org/10.5935/1981-4755.20160002

Palavras-chave


Geopoética; fronteira; Tríplice; Fronteira

Texto completo:

PDF


Direitos autorais



Revista Línguas & Letras

 


e-ISSN: 1981-4755 — ISSN: 1517-7238

Unioeste - Universidade Estadual do Oeste do Paraná
Campus de Cascavel
Programa de Pós-Graduação em Letras 

Rua Universitária, 2069 - Jardim Universitário
Cascavel – Paraná - CEP: 85819-110

| revistalinguaseletras@gmail.com |