CULTURA Y PROPIEDAD EN EL FIN DE SIGLO LATINOAMERICANO

Jeffrey CEDEÑO

Resumo

Com base em um corpus diferenciado– Pepón Osorio, Jorge Luis Borges, a literatura latino-americana atual –, este trabalho analisa as contradições não resolvidas que exibem os objetos estéticos e culturais no seu funcionamento social, nas suas articulações e cruzamentos locais e globais, sem esquecer suas delimitações recíprocas com as relações do poder cultural de dominação e subordinação, desde as variadas esferas públicas em jogo. A partir desta análise, surge uma luta interpretativa entre significados e sentidos vários sobre a estética, o mercado, a história e, além disso, os usos e a propriedade da cultura latino-americana no fim do século XX, sempre depois da construção de um campo político, cuja incidência social não é em absoluto desdenhável.

Palavras-chave

Jorge Luis Borges, Pepón Osorio, Literatura Latino-americana, Globalização, Crítica Cultural.

Texto completo:

PDF