ESPAÇO URBANO E VIOLÊNCIA NA NARRATIVA BRASILEIRA CONTEMPORÂNEA

Eder Rodrigues Pereira

Resumo


O objetivo deste artigo e visualizar que o espaço representado na literatura brasileira contemporânea é predominantemente urbano. Assim, este estudo examina algumas das relações entre espaço e violência na narrativa brasileira contemporânea pelo fato de que nossa literatura acompanhou um processo migratório, assumindo; portanto, um espaço predominantemente urbano. Desse modo, através de um recorte de diversas narrativa e de uma análise emanentista, verificaremos que a literatura brasileira contemporânea manifesta uma posição cada vez mais citadina, indicando que as relações entre experiência urbana e literatura, na modernidade, tornam-se mais radicais e contundentes.

Palavras-chave


Literatura Contemporânea; Espaço Urbano; Violência.

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.5935/rl&l.v12i22.6069

Direitos autorais



Revista Línguas & Letras

 


e-ISSN: 1981-4755 — ISSN: 1517-7238

Unioeste - Universidade Estadual do Oeste do Paraná
Campus de Cascavel
Programa de Pós-Graduação em Letras 

Rua Universitária, 2069 - Jardim Universitário
Cascavel – Paraná - CEP: 85819-110

| revistalinguaseletras@gmail.com |