ENSINO DE HISTÓRIA E A PEDAGOGIA FREIREANA: UMA POSSIBILIDADE A PARTIR DA OBRA DO FOTÓGRAFO SEBASTIÃO SALGADO

Autores

  • Ruhama Ariella Sabião Batista Universidade Estadual de Ponta Grossa.
  • Audrey Franciny Barbosa Universidade Estadual de Ponta Grossa

DOI:

https://doi.org/10.48075/ri.v24i2.25694

Palavras-chave:

Paulo Freire, Ensino de História, Sebastião Salgado.

Resumo


Este artigo propõe-se a discutir o Ensino de História e a Pedagogia freireana, utilizando-se do trabalho do fotógrafo Sebastião Salgado. Freire acreditava que a leitura do mundo e das palavras também partiam da leitura das imagens, contestando assim uma educação bancária, que nesta perspectiva utilizaria a fotografia com fins meramente ilustrativos. Sendo assim, este trabalho buscou levantar referenciais teóricos e analisar as fotografias do fotógrafo Sebastião Salgado, como forma de articular as discussões freireanas com uma prática libertadora no Ensino de História. Percebeu-se a relevância das fotografias para a ampliação da leitura de mundo, e as possibilidades que elas carregam de desconstruir estereótipos, formar identidades e auxiliar a pensar a sociedade e as lutas sociais travadas ao longo da história.

Biografia do Autor

Ruhama Ariella Sabião Batista, Universidade Estadual de Ponta Grossa.

Doutoranda em Educação e Mestre em História pela Universidade Estadual de Ponta Grossa.

Audrey Franciny Barbosa, Universidade Estadual de Ponta Grossa

Mestre em História pela Universidade Estadual de Ponta Grossa.

Downloads

Publicado

24-06-2021

Como Citar

SABIÃO BATISTA, R. A.; BARBOSA, A. F. ENSINO DE HISTÓRIA E A PEDAGOGIA FREIREANA: UMA POSSIBILIDADE A PARTIR DA OBRA DO FOTÓGRAFO SEBASTIÃO SALGADO. Ideação, [S. l.], v. 23, n. 2, p. 152–167, 2021. DOI: 10.48075/ri.v24i2.25694. Disponível em: https://e-revista.unioeste.br/index.php/ideacao/article/view/25694. Acesso em: 9 dez. 2021.