O Brasil como potência regional e a importância estratégica da América do Sul na sua política exterior

Luiz Alberto Moniz Bandeira

Resumo


O artigo aborda a história da política externa brasileira em relação a América do
Sul durante o século XX, bem como da diplomacia brasileira relacionada aos interesses dos
Estados Unidos no Continente. O governo brasileiro considerou a América do Sul como um
conceito geopolítico e sua principal referência para a formação de uma integração econômica,
como caracterizam as relações com a Argentina, a criação do Mercosul e a cláusula
democrática que orienta sua diplomacia nos casos de instabilidades de governos, como ocorreu
no Paraguai, em 1996, e na Venezuela, em 2001. A política exterior do Brasil esteve orientada
para a ampliação do Mercosul e em detrimento da ALCA, conforme vem sendo idealizado pelo
projeto da União de Nações Sul-americanas (UNASUL).

Palavras-chave


América do Sul. Relações internacionais. Integração. Mercosul, UNASUL

Texto completo:

PDF


Direitos autorais