CERTIFICAÇÃO E GESTÃO DE PROFESSORES

Eneida Oto Shiroma, Mara Cristina Schneider

Resumo


Este artigo discute a proposta de certificação de professores incorporada em vários documentos nacionais e recomendada pelo Banco Mundial aos países da América Latina como uma estratégia fundamental para a melhoria da qualidade da educação. Indagamos: por que se prioriza a certificação em detrimento de melhores condições de trabalho, salário e carreira? Enquanto os argumentos em defesa da certificação apóiam-se na noção de qualidade, este trabalho discute a certificação a partir de outro ponto de vista. Focamos as implicações sobre os professores e o trabalho docente, buscando analisar as contradições dessa política. Quais os impactos que a política de certificação exerce sobre os professores e a categoria. Nossa hipótese é que a certificação, atrelada às políticas de avaliação e gratificação por desempenho, implementa salários individualizados, segmenta a categoria docente e institui novas formas de regulação da educação na América Latina.

Palavras-chave


Certificação; Professores; Trabalho docente; Gestão educacional.

Texto completo:

PDF


Direitos autorais