Corpos suspensos e emoldurados: a subserviência escancarada

Claudia Regina Almeida, Erica Cristina Almeida

Resumo


RESUMO: O presente estudo centra-se na reflexão de um possível comprometimento da consciência corporal autêntica na sociedade contemporânea, ou seja, a existência de uma educação do corpo que assume formas cada vez mais danificadas em detrimento da formação digna. Aqui analisamos as imagens corporais expostas na forma de outdoors para discutir a concepção de corpo difundida nos centros urbanos, fazendo as possíveis relações entre a cultura danificada e a educação do corpo na contemporaneidade. Foi possível concluir que a subjetividade torna-se comprometida com a objetividade ideológica transmitida pelas imagens corporais, reproduzindo uma particularidade social que exclui a produção da vida digna.

PALAVRAS-CHAVE: Corpo; Indústria cultural; Escola de Frankfurt.

Suspended and framed bodies: the great subservience

ABSTRACT: This study researches a possible destruction of authentic body conscience in contemporary society – a growing damage body education. We analyze the corporal images in outdoors toward a discussion of damage culture and body education. We conclude that subject became damage through the ideological objectiveness transmitted by the corporal images – this social particularity excludes the construction of a deign life.

KEYWORDS: Body; Culture industry; Frankfurt School.

Texto completo:

PDF


Direitos autorais