A RELAÇÃO CIDADE/CAMPO NO CONTEXTO DE UMA SOCIEDADE GLOBAL: ALGUNS LIMITES E HORIZONTES

Márcio Mendes Rocha

Resumo

O presente artigo trás alguns destaques sobre os limites e horizontes da relação cidade/campo, avaliando primeiramente a proposta de fazendas verticais como uma ação urbana de alto investimento e que se propõe como uma resposta para a fome do mundo. Os argumentos são avaliados criticamente, pontuando seus limites enquanto ação de transformação social. A partir desta proposta é feita uma reflexão sobre as relações sociais no campo e a transição de um modelo agrário exportador para um modelo híbrido, considerando o desenvolvimento local e o fomento de propriedades familiares. Por último o texto trata do impacto das novas tecnologias e a cultura informacional na relação cidade/campo, constituindo assim alguns limites e horizontes desta relação.

Palavras-chave

fazendas verticais; desenvolvimento local; sustentabilidade; resistência cultural; mobilidade humana; sociedade do controle.

Texto completo:

PDF