O sentido ético da existência

Marly Alves Daólio

Resumo


Buscar o sentido da vida sempre foi uma tarefa filosófica, respaldada em todo pensamento que, abolindo o saber para dar lugar à crença, constituiu o que chamamos de metafísica ocidental. Pretendemos a partir de um conto de Borges e de alguns recortes conceituais da filosofia de Nietzsche, optando por uma leitura do eterno retorno, não pela sua “cosmologia”, mas pela sua “energética”, discutir neste ensaio o que significaria colocar o sentido da vida na promessa de imortalidade, esvaziando assim a vida do sentido.

Palavras-chave


Sentido; Vida; Imortalidade.

Texto completo:

PDF


Direitos autorais