NOS DISCURSOS DOS JOVENS DE PERIFERIA: QUE EFEITOS DE SENTIDOS SÃO PRODUZIDOS NA LÍNGUA INGLESA?

Autores

  • Juliana Silva dos Santos
  • Paulo Peixoto de Albuquerque

Palavras-chave:

análise do discurso, língua inglesa, educação

Resumo


RESUMO: Esse estudo teve por objetivo verificar como a incidência da Língua Inglesa (LI) nos discursos de jovens em espaços não formais de educação possibilita a valorização individual e que efeitos de sentidos são produzidos na Língua Inglesa, permitindo algumas pistas para a educação formal. Para tanto, foram feitas observações participantes e aplicada uma entrevista semiestruturada com vinte e três jovens entre 13 a 25 anos, oriundos das regiões leste e nordeste de São Leopoldo/ RS, assistidos pela organização não governamental PROAME. A partir das observações participantes gravadas em áudio, foram retiradas sequências discursivas que foram analisadas a partir da Análise de Discurso francesa e de conceitos como língua, sujeito, formação discursiva e ideológica e condições de produção. Como resultados, constatamos: a) muitos jovens utilizam a LI para nomear, identificar produtos ofertados pelo mercado do consumo, nos espaços frequentados pelos seus pares; b) a reprodução do discurso pedagógico legitimado pela escola, o qual percebe a língua inglesa como necessidade básica para obtenção de um emprego; c) reprodução do discurso de mídia e de consumo; d) jovens deslocam sentidos tirando substantivos comuns para nomear objetos, nomeando-os com substantivos próprios, ou seja, por marcas e grifes dos produtos na LI. Como considerações finais percebemos que embora as línguas mesclem-se nos discursos dos jovens, muitas falhas no sistema de aprendizagem no período escolar foram identificados e isto fez com que esses jovens para sentirem-se incluídos numa língua estrangeira e na sociedade moderna, criassem diferentes repertórios de resposta como também, diferentes efeitos de sentidos para todo o universo vocabular da língua inglesa.

Palavras-chave:  análise do discurso; língua inglesa; educação

Downloads

Publicado

09-02-2015

Como Citar

SANTOS, J. S. dos; ALBUQUERQUE, P. P. de. NOS DISCURSOS DOS JOVENS DE PERIFERIA: QUE EFEITOS DE SENTIDOS SÃO PRODUZIDOS NA LÍNGUA INGLESA?. Línguas & Letras, [S. l.], v. 15, n. 31, 2015. Disponível em: https://e-revista.unioeste.br/index.php/linguaseletras/article/view/10176. Acesso em: 18 ago. 2022.

Edição

Seção

DOSSIÊ TEMÁTICO: ESTUDOS E REFLEXÕES SOBRE O ENSINO DE LÍNGUAS