O PROGRAMA DE MONITORIA NO PROCESSO DE ENSINO/APRENDIZAGEM DA LÍNGUA ESPANHOLA/LE PARA ALUNOS DE TURISMO

Autores

  • Dilene Magalhães Borges
  • Glauber Lima Moreira
  • André Riani Costa Perinotto

Palavras-chave:

Monitoria, Língua Espanhola, Turismo.

Resumo


Este artigo trata da experiência vivenciada no Programa de Monitoria da Universidade Federal do Piauí (UFPI), na disciplina de Língua Espanhola Aplicada ao Turismo, do Curso de Bacharelado em Turismo, campus da cidade de Parnaíba/PI. O estudo tem como objetivo apresentar aos alunos, professores e pesquisadores a importância desta prática acadêmica, bem como, caracterizar a relevância do ensino/aprendizagem da língua estrangeira (LE), mais especificamente do espanhol como língua estrangeira (ELE), para a atividade turística e para a carreira do turismólogo. A metodologia adotada foi uma pesquisa bibliográfica, documental e de campo com abordagens qualitativa e quantitativa. Dessa forma, pode-se afirmar que a monitoria incentiva o aluno à docência, associada às atividades de ensino, pesquisa e extensão, e contribui no desenvolvimento de suas competências intelectuais, acadêmicas e profissionais. Ademais, os sujeitos percebem a relevância do ensino de LE em sala, inclusive o ensino de ELE, para o desenvolvimento eficaz dos seus trabalhos no tocante ao setor turístico.

Downloads

Publicado

10-02-2015

Como Citar

BORGES, D. M.; MOREIRA, G. L.; PERINOTTO, A. R. C. O PROGRAMA DE MONITORIA NO PROCESSO DE ENSINO/APRENDIZAGEM DA LÍNGUA ESPANHOLA/LE PARA ALUNOS DE TURISMO. Línguas & Letras, [S. l.], v. 15, n. 31, 2015. Disponível em: https://e-revista.unioeste.br/index.php/linguaseletras/article/view/10420. Acesso em: 28 jan. 2022.

Edição

Seção

DOSSIÊ TEMÁTICO: ESTUDOS E REFLEXÕES SOBRE O ENSINO DE LÍNGUAS