ESTUDO COMPARADO DO LÉXICO DE FALANTES DE DIFERENTES CORRENTES RELIGIOSAS

Autores

  • Danivia da Cunha Mattozo Wolff

Palavras-chave:

léxico, religião, semântica lexical

Resumo


Este trabalho se insere nos estudos de Semântica Lexical e visa à comparação do léxico de falantes de quatro religiões diferentes em quatro diferentes tipos de textos. Parte-se do pressuposto de que o falante religioso tende a manter seu léxico religioso como uma forma de manutenção da crença e bloqueio de novas doutrinas. Dessa forma, além de fazer uso de um léxico específico, esse falante tende a espraiá-lo para outros contextos de uso. Isso mostra como léxico e realidade social estão intimamente ligados. Para esta pesquisa, foram adotadas como pressupostos teóricos a Semântica Estrutural, com ênfase na Teoria do Campo Lexical, a Lexicologia Social e a Linguística de Corpus. Os dados analisados confirmaram a hipótese inicial de que esses falantes extrapolam o contexto religioso e fazem uso do léxico religioso em contextos não religiosos, mais especificamente em textos não declaradamente religiosos. Além disso, mostraram que há aproximação entre igrejas de doutrinas semelhantes em alguns contextos, mas, surpreendentemente, também de igrejas doutrinariamente distintas em outros contextos.

Downloads

Publicado

11-02-2015

Como Citar

WOLFF, D. da C. M. ESTUDO COMPARADO DO LÉXICO DE FALANTES DE DIFERENTES CORRENTES RELIGIOSAS. Línguas & Letras, [S. l.], v. 15, n. 31, 2015. Disponível em: https://e-revista.unioeste.br/index.php/linguaseletras/article/view/11151. Acesso em: 9 ago. 2022.

Edição

Seção

Estudos Linguísticos