Fanfiction: Leitura e Escrita na Era Digital

Autores

Palavras-chave:

Gêneros discursivos, cultura participativa, multiletramentos.

Resumo


Ao se partir da premissa de que a sociedade se torna cada vez mais digital e que as pessoas cada vez mais leem e escrevem no ciberespaço, esta proposta visa refletir acerca do gênero fanfiction e relacioná-lo às práticas de ensino, tendo em vista que a escola não fique alheia à diversidade de linguagens e culturas do mundo tecnológico, e que aborde os gêneros discursivos como práticas sociais, a fim de formar cidadãos multiletrados. Trata-se de uma reflexão acerca de uma pesquisa qualitativa, calcada numa intervenção desenvolvida, fundamentada tanto nos estudos bakhtinianos para se pensar sobre os gêneros; quanto nos estudos de Rojo sobre os multiletramentos e ainda na noção de cultura participativa, de Jenkins. Os resultados demonstram a urgência do trabalho com gêneros multimodais em sala-de-aula e a necessidade de adequação da escola ao contexto contemporâneo.

Biografia do Autor

Luciane de Paula, UNESP - Universidade Estadual Paulista/Docente

UNESP - Universidade Estadual PaulistaDepartamento de Estudos Linuísticos, Literários e da Educação - DELLE - FCL AssisPrograma de Pós-graduação em Linguística e Língua Portuguesa - FCL AraraquaraMestrado Profissional em Letras - ProfLetras - UNESP AssisÁrea: Análise Dialógica do Discurso 

Referências

BAKHTIN, M. M. (VOLÓCHINOV, P). Marxismo e filosofia da linguagem. São Paulo: Hucitec, 2006.

BAKHTIN, M. M. Estética da criação verbal. São Paulo: Martins Fontes, 2017.

BAKHTIN, M. M. Os gêneros do discurso. São Paulo: Editora 34, 2016.

BARTHES, R. O rumor da língua. São Paulo: Brasiliense, 1988.

BUZATO, M. Entre a fronteira e a periferia: linguagem e letramento na inclusão digital. 2007. 284 f. Tese (Doutorado em Linguística Aplicada) – Instituto de Estudos da Linguagem, Universidade Estadual de Campinas, Campinas, 2007.

CANCLINI, N. G. Culturas híbridas: estratégias para entrar e sair da modernidade. Edusp: São Paulo, 2015.

GERALDI, J. W. A aula como acontecimento. São Carlos: Pedro & João, 2010.

IBGE. Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). 1 de julho de 2016.

JENKINS, Henry. Cultura da convergência. São Paulo: Aleph, 2008.

LEMKE, J. Letramento metamidiático: Transformando significados e mídias. Trabalhos em Linguística Aplicada, vol. 49/2. Campinas, SP: DLA/IEL/UNICAMP, 2010, p. 1-17. Disponível em: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S010318132010000200009&lng=en&nrm=iso&tlng=pt. Acesso em: 20/04/2018

LÉVY, Pierre. Cibercultura. 2ª ed. São Paulo: Editora 34, 2000.

MORAES, E. V. H. de M. Homepage de fanfictions: um estudo bidimensional de gênero na concepção sociorretórica. Mestrado em Língua Portuguesa. Dissertação. Universidade Católica de São Paulo. São Paulo, 2009.

MURAKAMI, R. Y. O ficwriter e o campo da fanfiction: reflexão sobre uma forma de escrita contemporânea. Dissertação de Mestrado. Programa de Pós-graduação em Teoria Literária e Literatura Comparada da Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências humanas da Universidade de São Paulo. São Paulo: USP, 2016 (Mimeo).

PAULA, L. de; FIGUEIREDO, M. H. de; PAULA, S. L. de. O Marxismo do/no Círculo. Slovo – o Círculo de Bakhtin no contexto dos estudos discursivos. Curitiba: Appris, 2011, p. 79-98.

PAULA, L. de. Círculo de Bakhtin: uma Análise Dialógica do Discurso. Revista de Estudos da Linguagem - RELIN, Belo Horizonte, v. 21, n. 1, p. 239-258, jan./jun. 2013.

PAULA, L. de. Verbivocovisualidade: uma abordagem bakhtiniana tridimensional da linguagem. Projeto de Pesquisa em andamento. UNESP, 2017a (Mimeo).

PAULA, L. de. O enunciado verbivocovisual de animação – a valoração do “amor verdadeiro” Disney – uma análise de Frozen. Discursividades Contemporâneas – política, corpo e diálogo. Campinas: Mercado de Letras, 2017b, p. 287-314.

PAULA, L. de; SERNI, N. M. A vida na arte: a verbivocovisualidade do gênero filme musical. In: Raído, Dourados, v. 11, n. 25, p. 178-201, jul. 2017c.

PAULA, L. de; SILVA, T. N. Nerve à flor da linguagem: arte e vida em jogo dialógico. Diálogo das Letras, Pau dos Ferros, v. 8, n. 2, p. 38-57, maio/ago. 2019a.

PAULA, L. de; OLIVEIRA, F. A. A. de. O signo “resistência” nas eleições presidenciais de 2018 no Brasil. Entreletras (Araguaína), v. 10, n. 2, p. 350-371, jul/dez 2019b.

PAULA, L. de; SIANI, A. C. Gênero, raça e classe em Harry Potter: a

constituição dialógica de Hermione Granger e Belatriz Lestrange. Cadernos Discursivos,

Catalão-GO, v. 1 n 1, p.47-74, 2019c.

PAULA, L. de; BARISSA, A. B. M; OLIVEIRA, N. R. de. Produções e produtos culturais na sala-de-aula: uma análise crítico-dialógica do Fandom de Harry Potter e da franquia Meu Malvado Favorito. Revista Ibero-Americana de Estudos em Educação, Araraquara, v. 14, n. esp. 4, p. 2071-2087, dez., 2019d.

PAULA, L. de; GONÇALVES, J. de C. Gêneros Discursivos na escola: acontecimento emancipatório de leitura. Revista Educação e Linguagens, Campo Mourão, v. 9, n. 16, p. 16-52, jan./jun. 2020.

ROJO, Roxane Helena Rodrigues. Letramentos múltiplos, escola e inclusão social. São Paulo: Parábola, 2009.

ROJO, R.; MOURA, E. (Orgs.). Multiletramentos na escola. São Paulo: Parábola Editorial, 2012.

ROJO, Roxane Helena Rodrigues. “Gêneros discursivos do Círculo de Bakhtin e multiletramentos”. In: ROJO, Roxane Helena Rodrigues. (Org.) Escol@ conectada: Os multiletramentos e as TICs. São Paulo: Parábola Editorial, 2013. Pp. 13-36.

ROJO, Roxane Helena Rodrigues; BAROBOSA, Jacqueline Peixoto. Hipermodernidade, multiletramentos e gêneros discursivos. São Paulo: Parábola, 2015.

ROJO, Roxane Helena Rodrigues. Novos multiletramentos e protótipos de ensino: por um Web-Currículo. 2019, no prelo (não publicado).

SOBRAL, A. Elementos sobre a formação de gêneros discursivos: a fase “parasitária de uma vertente do gênero de auto-ajuda. Tese de doutorado. São Paulo: LAEL/PUC-SP, 2006.

ZANDONADI, R. S. Leituras e escritas em Língua Portuguesa: a fanfiction na sala de aula. Dissertação de mestrado desenvolvida no Programa de Mestrado Profissional em Letras – ProfLetras. Assis: UNESP, 2019 (Mimeo).

Downloads

Publicado

19-06-2020

Como Citar

PAULA, L. de; ZANDONADI, R. S. Fanfiction: Leitura e Escrita na Era Digital. Línguas & Letras, [S. l.], v. 21, n. 49, p. 4755.20200005, 2020. Disponível em: https://e-revista.unioeste.br/index.php/linguaseletras/article/view/24332. Acesso em: 25 out. 2021.

Edição

Seção

DOSSIÊ: ESTUDOS DIALÓGICOS E INCURSÕES NA PRÁTICA DOCENTE