O Reforçamento da imagem heróica de Simon Bolívar e das Identidades Venezuelanas nas comemorações do Bicentenário de Independência da América Hispânica

Autores

  • Tiago Ciro Moral Zancope

Palavras-chave:

Comemoração, Memória, Identidade.

Resumo


Neste artigo pretende-se demonstrar como está sendo utilizada a imagem de Simón Bolívar no interior das comemorações do segundo centenário da independência da Venezuela. Para nós, é importante analisar os esforços que Hugo Chávez faz na tentativa de criar uma semelhança entre ele e Simón Bolívar, pois Bolívar é o herói principal do Panteão Nacional da Venezuela e Chávez reforça essa memória nacional. Paralelamente a esta questão, a utilização do legado de El Libertador pelo presidente Hugo Chávez lhe garantiu o acesso ao imaginário popular e abriu a possibilidade de renovar parte do discurso de Bolívar, como um instrumento político importante, que marca uma nova era na história da Venezuela.

Downloads

Publicado

12-01-2012

Como Citar

ZANCOPE, T. C. M. O Reforçamento da imagem heróica de Simon Bolívar e das Identidades Venezuelanas nas comemorações do Bicentenário de Independência da América Hispânica. Temas & Matizes, [S. l.], v. 9, n. 18, p. 65–84, 2012. Disponível em: https://e-revista.unioeste.br/index.php/temasematizes/article/view/5952. Acesso em: 18 maio. 2022.

Edição

Seção

Dossiê: Nações e Nacionalismos na América Espanhola: História, Sociedade e Cultura