ESTADO MILITAR E AS REFORMAS EDUCACIONAIS

Cleci Terezinha Battistus, Cristiane Limberger, André Paulo Castanha

Resumo

O período de 1964/1974, não se caracteriza somente pelo autoritarismo, mas também pela realização de reformas institucionais na educação sob a Lei nº 5.540/68 que refere-se a Reforma do Ensino Superior , e sob a Lei nº 5.692/71 que diz respeito a Reforma do Ensino de 1º e  2º graus. Como o Estado nesse período está mais do que nunca disposto a se fazer obedecer , estabelece por suas próprias razões, formas de dominação baseadas numa organização racional onde a administração passa a ter grande importância na manutenção da ordem pública. As reformas educacionais feita nessa fase da história nacional foram  efetivadas no interior dessa complexa e às vezes conflitante máquina administrativa. Nesse sentido, o objetivo deste trabalho é compreender o que ocorreu com a educação no período de 1964 a 1974, que culmina com a ênfase na profissionalização que tem por base preparar bons empregados para o crescente empresariado que vem assumindo o controle econômico do país. A preocupação com a profissionalização é tão grande que constitui um dos destaques na formulação do programa do novo governo.

Texto completo:

PDF