RITUAIS DE INTERAÇÃO E EMOÇÕES EM ATIVIDADE INVESTIGATIVA COM CRIANÇAS.

Kellys Regina Rodio Saucedo, Herbert Alexandre João, Daniel Faria Chaim, Maurício Pietrocola

Resumo

Este artigo apresenta uma análise das interações de natureza emocional durante a realização de uma atividade investigativa, denominada “o problema do submarino”, à luz da microssociologia das emoções de Randall Collins (2004). O construto teórico cunhado pelo autor possibilitou um novo roteiro de análise interpretativa das interações entre alunos de 4º do Ensino Fundamental envolvidos na resolução de um problema do Conhecimento Físico. Os momentos aqui analisados, com base na metodologia de pesquisa qualitativa denominada investigação orientada por evento foram definidos inicialmente pela visualização individual dos aspectos salientes da filmagem e, posteriormente, estes foram confirmados pelos pesquisadores envolvidos com o estudo. Identificamos nas interações entre os alunos o efeito de solidariedade grupal, associado nesse caso ao estado emocional positivo compartilhado entre os participantes, que tinham por objetivo a solução do problema de imersão e de submersão do submarino. Os resultados indicam a necessidade de observar o processo de aprendizagem em ciências também pelo viés das emoções e nos encoraja a considerar estas categorias de análise na pesquisa educacional. 

Palavras-chave

Ensino de Ciências; Ensino Fundamental; Emoções.

Texto completo:

PDF