INCLUSÃO E INTERAÇÃO: PESQUISA SOBRE ATUAÇÃO DO PROFESSOR DE EDUCAÇÃO ESPECIAL EM BIDOCÊNCIA

Autores

  • Renata Gomes Camargo
  • Luana Zimmer Sarzi

DOI:

https://doi.org/10.17648/educare.v7i13.6322

Palavras-chave:

Interação. Inclusão. Professor de Educação Especial.

Resumo


Ponderando a inclusão de pessoas com necessidades educacionais especiais- NEE - como uma realidade vigente, devendo ser enfocada de maneira que se atenda a estas sem desconsiderar o processo de aprendizagem de todos os alunos indiscriminadamente. Tem-se na Educação Especial uma modalidade de ensino que tangencia o trabalho da classe comum, podendo contribuir significativamente para a aprendizagem no ensino comum através de experiências pedagógicas diferenciadas em prol da inclusão, que se constitui em uma tendência que concerne um desafio para a qualificação do ensino na educação básica. Nesse sentido, desenvolveu-se a pesquisa abordada neste artigo, através de um cunho metodológico qualitativo pautado no procedimento pesquisa participante. Sendo assim, nesse trabalho demonstrar-se-á, como se percebe o papel do professor de educação especial na inclusão de um aluno com NEE e na qualificação do processo ensino-aprendizagem deste e de seus colegas, proporcionado por um trabalho de Bidocência em sua turma de 4º ano, concomitante ao atendimento especializado.

Downloads

Publicado

19-10-2012

Como Citar

CAMARGO, R. G.; SARZI, L. Z. INCLUSÃO E INTERAÇÃO: PESQUISA SOBRE ATUAÇÃO DO PROFESSOR DE EDUCAÇÃO ESPECIAL EM BIDOCÊNCIA. Educere et Educare, [S. l.], v. 7, n. 13, 2012. DOI: 10.17648/educare.v7i13.6322. Disponível em: https://e-revista.unioeste.br/index.php/educereeteducare/article/view/6322. Acesso em: 24 out. 2021.

Edição

Seção

Núcleo Temático: O docente em foco: identidade, formação e trabalho do professor