O EU E O OUTRO: AS SEMELHANÇAS E DIFERENÇAS DE UMA IDENTIDADE

Fabrício Agostinho Bagatini, Rogério José Schuck

Resumo

O presente artigo tem por objetivo realizar uma discussão em torno da diversidade cultural que, muitas vezes, insiste em ser única, homogênea e predominante, sendo que na sua multiculturalidade não aceita o diferente. Nesse sentido, leva-se em consideração o seguinte questionamento: quantos seres existem em um único ser? Outro aspecto versa sobre a necessidade do outro para a existência do eu, a identidade e a diferença como produções culturais. Também analisa-se a presença do  eu e do outro no espaço escolar. Para discutir essas questões partimos das análises presentes nas obras de Duschatzky e Skliar (2001), Bauman (1998, 2005, 2011), Santaella (2007), Moura (2008), entre outros. E, chega-se à conclusão de que precisamos superar o olhar sobre a mesmice de um eu fixo passarmos a ver no outro a expressividade de seu rosto. O outro surge como uma extensão de nós mesmos.

Palavras-chave

Identidade. Diferença. Alteridade.

Texto completo:

PDF