MODELAGEM MATEMÁTICA: UMA OPORTUNIDADE PARA O EXERCÍCIO DA REFLEXIVIDADE DO PROFESSOR DE MATEMÁTICA

Autores

  • Claudia Carreira Rosa
  • Lilian Akemi Kato

DOI:

https://doi.org/10.17648/educare.v9i0.10651

Palavras-chave:

Modelagem Matemática, Formação Continuada de Professor, Professor Reflexivo.

Resumo


Apresentamos neste artigo uma discussão acerca dos resultados obtidos por meio de uma pesquisa, realizada com um grupo de professores de Matemática do ensino fundamental e médio, cujo objetivo era apontar as potencialidades da Modelagem Matemática para o exercício da reflexividade do professor. Dentre as justificativas desta pesquisa, pautamo-nos nas orientações das diretrizes curriculares quanto a um ensino que favoreça a formação de profissionais capazes de tomar decisões e formar cidadãos críticos. Neste sentido, consideramos que a Modelagem Matemática, por suas características peculiares, promove o desenvolvimento de práticas pedagógicas que favorecem uma maior interação entre aluno e professor, possibilitando ao docente uma prática reflexiva. O estudo se desenvolveu em três fases, que contemplaram a observação das aulas dos professores envolvidos em seu horário regular, a realização de um curso de formação continuada de professores com ênfase em Modelagem Matemática, e a observação da aula, desses professores, ao desenvolverem com seus alunos atividades de Modelagem. Os dados foram analisados segundo uma caracterização de professor reflexivo construída a partir dos textos Dewey (1933, 1979), Schön (1992, 2000), Zeichner (1993) e Alarcão (2010). Dentre os resultados obtidos destacamos que as ações peculiares da atividade de Modelagem Matemática, suscitam situações que estimulam os professores à refletirem sobre sua prática.  

Downloads

Publicado

22-10-2014

Como Citar

ROSA, C. C.; KATO, L. A. MODELAGEM MATEMÁTICA: UMA OPORTUNIDADE PARA O EXERCÍCIO DA REFLEXIVIDADE DO PROFESSOR DE MATEMÁTICA. Educere et Educare, [S. l.], v. 9, 2014. DOI: 10.17648/educare.v9i0.10651. Disponível em: https://e-revista.unioeste.br/index.php/educereeteducare/article/view/10651. Acesso em: 29 nov. 2021.