RELATO DE EXPERIÊNCIAS EXITOSAS EM SUBPROJETOS DO PIBID DESENVOLVIDOS EM CRATEÚS-CE

Autores

  • Francisco Nunes de Sousa Moura Universidade Estadual do Ceará
  • Aparecida Barbosa de Paiva Universidade Estadual do Ceará
  • Fabrício Bonfim Sudério Universidade Estadual do Ceará

DOI:

https://doi.org/10.17648/educare.v12i25.16077

Palavras-chave:

Formação de professores, Experiência formativa, Práticas docentes.

Resumo


A formação de professores da educação básica tem apresentado inquietações entre a comunidade acadêmica. Pensando nisso, o Ministério da Educação (MEC) criou o Programa Institucional de Bolsa de Iniciação à Docência (PIBID), que proporciona aos alunos dos cursos de licenciatura vivenciar o cotidiano das escolas da rede pública de educação. Neste contexto, o objetivo geral deste trabalho foi pesquisar as experiências formativas de bolsistas de iniciação à docência (ID) e de supervisores vinculados a cinco subprojetos do PIBID desenvolvidos na cidade de Crateús - CE. Os objetivos específicos consistiram em: pesquisar as atividades gerais realizadas pelos subprojetos envolvidos na pesquisa; verificar as particularidades e as ações específicas dos subprojetos, considerando as suas diferentes áreas e; avaliar a percepção que os entrevistados têm sobre o PIBID com foco na contribuição do programa para as suas formações. O levantamento de dados ocorreu através de entrevistas. Entrevistou-se 06 supervisores e 20 bolsistas de ID de 05 cursos de licenciatura de instituições localizadas em Crateús. Os questionamentos se referiram às percepções sobre o papel do PIBID na formação docente, às contribuições do programa para as escolas e os entrevistados, e às experiências formativas adquiridas durante as suas participações. Os entrevistados classificaram o PIBID como uma “vitrine” que dá visibilidade aos bolsistas para o mercado de trabalho e ressaltaram a contribuição do programa na formação inicial e continuada de bolsistas e supervisores. Para os envolvidos na pesquisa, a participação no programa resulta em um amadurecimento de suas habilidades na docência e na pesquisa, proporcionado principalmente pela vivência dos licenciandos nas escolas. As escolas parceiras também são beneficiadas porque são contempladas com acervos de materiais didáticos, porque muitas das ações desenvolvidas pelo programa envolvem a preparação dos alunos para exames internos e externos, e porque há a socialização de metodologias inovadoras com os demais professores da escola. Desta forma, reitera-se a importância do programa no fortalecimento da relação entre escola e universidade, na melhoria da formação dos supervisores e bolsistas de ID, ao mesmo tempo em que tem contribuído para o processo de ensino-aprendizagem nas escolas.

Biografia do Autor

Francisco Nunes de Sousa Moura, Universidade Estadual do Ceará

Francisco Nunes de Sousa Moura é estudante do curso de Licenciatura em Ciências Biológicas pela Universidade Estadual do Ceará. E-mail: nunes.moura@aluno.uece.br

Aparecida Barbosa de Paiva, Universidade Estadual do Ceará

Aparecida Barbosa de Paiva é estudante do curso de Licenciatura em Ciências Biológicas pela Universidade Estadual do Ceará. E-mail: aparecida.barbosa@aluno.uece.br

Fabrício Bonfim Sudério, Universidade Estadual do Ceará

Fabrício Bonfim Sudério é Doutor em Bioquímica pela Universidade Federal do Ceará e professor do Mestrado Profissional em Ensino de Biologia (PROFBIO) e do Curso de Licenciatura em Ciências Biológicas da Universidade Estadual do Ceará, vinculado à Faculdade de Educação de Crateús (UECE/FAEC). E-mail: fabricio.suderio@uece.br

Downloads

Publicado

12-12-2017

Como Citar

MOURA, F. N. de S.; PAIVA, A. B. de; SUDÉRIO, F. B. RELATO DE EXPERIÊNCIAS EXITOSAS EM SUBPROJETOS DO PIBID DESENVOLVIDOS EM CRATEÚS-CE. Educere et Educare, [S. l.], v. 12, n. 25, 2017. DOI: 10.17648/educare.v12i25.16077. Disponível em: https://e-revista.unioeste.br/index.php/educereeteducare/article/view/16077. Acesso em: 1 jul. 2022.