CONTROLE COERCITIVO NA SALA DE AULA: A PERCEPÇÃO DOS ALUNOS

Autores

  • Mariangela de Freitas Dias
  • Suzane Schmidlin Lohr

DOI:

https://doi.org/10.17648/educare.v12i25.16278

Palavras-chave:

Análise do comportamento, controle coercitivo, educação.

Resumo


O controle coercitivo é definido como o uso de estimulação aversiva para o controle do comportamento. Participaram dessa pesquisa, visando descrever a percepção dos alunos sobre o controle coercitivo usado pelas professoras em sala de aula, 119 alunos de 4º ano do ensino fundamental. Os alunos responderam ao Inventário de Estilos de Liderança de Professores (IELP), sendo analisados nesse artigo os resultados da dimensão controle coercitivo. Meninos perceberam maiores níveis de coerção do que meninas. Todas as professoras apresentaram, na visão dos alunos, algum nível de controle coercitivo, mesmo que mínimo. Sugere-se o desenvolvimento de capacitações ou treinamentos que permitam aos professores discriminar controle aversivo de controle coercitivo.

Downloads

Publicado

12-12-2017

Como Citar

DE FREITAS DIAS, M.; SCHMIDLIN LOHR, S. CONTROLE COERCITIVO NA SALA DE AULA: A PERCEPÇÃO DOS ALUNOS. Educere et Educare, [S. l.], v. 12, n. 25, 2017. DOI: 10.17648/educare.v12i25.16278. Disponível em: https://e-revista.unioeste.br/index.php/educereeteducare/article/view/16278. Acesso em: 1 jul. 2022.

Edição

Seção

Dossiê: Análise do Comportamento, Educação e Contemporaneidade