O PROCESSO DE FAMILIARIZAÇÃO DE UM PROFESSOR COM A MODELAGEM MATEMÁTICA: O CASO DO WILSON

Autores

  • Francisco Javier Camelo B
  • Jussara de Loiola Araújo
  • Gabriel Mancera O

DOI:

https://doi.org/10.17648/educare.v12i24.16298

Resumo


Neste artigo, descrevemos e analisamos a trajetória (não intencional ou inesperada) seguida por um professor de matemática imerso num processo de familiarização com a modelagem matemática em uma interação com um professor mais experiente, durante um projeto de pesquisa. Para tal, nós assumimos um referencial teórico para a formação de professores de matemática com relação à modelagem e adotamos o paradigma crítico como abordagem metodológica. Como resultados, concluímos que o processo de familiarização com a modelagem matemática do professor ocorreu de forma gradual, sem as tensões ou obstáculos que habitualmente ocorrem, por meio do planejamento e realização de ambientes de modelagem que foram incorporando as características da modelagem assumidas e discutidas com o professor mais experiente.

Downloads

Publicado

01-01-2000

Como Citar

B, F. J. C.; ARAÚJO, J. de L.; O, G. M. O PROCESSO DE FAMILIARIZAÇÃO DE UM PROFESSOR COM A MODELAGEM MATEMÁTICA: O CASO DO WILSON. Educere et Educare, [S. l.], v. 12, n. 24, 2000. DOI: 10.17648/educare.v12i24.16298. Disponível em: https://e-revista.unioeste.br/index.php/educereeteducare/article/view/16298. Acesso em: 23 set. 2021.

Edição

Seção

Dossiê: Modelagem Matemática na educação matemática: Cenário atual